100% de aproveitamento: Cerro Porteño 0 x 2 Palmeiras

100% de aproveitamento: Cerro Porteño 0 x 2 Palmeiras

Um senhor resultado na reestreia de Felipão em Libertadores pelo Palmeiras. Um aproveitamento de 100% das oportunidades em Assunção. Uma vitória que encaminhou a classificação para as quartas-de-final do time de melhor campanha na fase de grupos. Uma atuação que merece ressalvas pelo desempenho, e aplausos pelo grande placar.

PRIMEIRO TEMPO - Um dos piores da Libertadores - e não só do Palmeiras. Um chute por cima de Rojas, aos 28, nenhuma oportunidade do Palmeiras que não conseguiu buscar Hyoran e Dudu pelos lados, deixou Borja isolado com Moisés mais preocupado em dar um pé a Felipe Melo e Bruno Henrique. Não houve jogo pelo excesso de passes errados e falta de intensidade. Um jogo que parecia amistoso de pós-temporada e não oitavas-de-final de Libertadores em Assunção.

SEGUNDO TEMPO - Duas chances alviverdes, dois gols brasileiros. Borja, a 1min, aproveitou mais um erro defensivo paraguaio pelo alto, e marcou de canhota, meio sem jeito, depois de falta cruzada de Dudu. Aos 25, belo contragolpe armado por Diogo Barbosa, boa defesa de Silva, e, na sobra Moisés achou bonito o artilheiro colombiano para definir o placar, e praticamente, definir a classificação do Palmeiras em uma das partidas onde menos chances criou em 2018. Mas conseguiu O Resultado.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.