11 anos depois de gol histórico, Cleiton Xavier admite: 'Marcos não queria que eu chutasse!'

11 anos depois de gol histórico, Cleiton Xavier admite: 'Marcos não queria que eu chutasse!'

Foto: Arte Palestrina

Foi no dia 29 de abril de 2009 que Cleiton Xavier marcou um dos gols mais comemorados da história da Sociedade Esportiva Palmeiras. O Verdão vivia um drama em Santiago do Chile e estava prestes a ser eliminado na primeira fase da Libertadores daquele ano. O empate em 0 a 0 ia classificando os donos da casa e o Sport, clube brasileiro que também estava no grupo do Verdão.

Desacreditado por grande parte da imprensa, o Verdão pisou na capital chilena precisando vencer o Colo Colo para garantir sua vaga nas oitavas. A derrota por 3 a 1 para os chilenos no Parque Antártica fez com que o ex-time de Jorge Valdívia fosse considerado ainda mais favorito para aquela partida.

Porém só foi a bola rolar para o Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo dominar a partida. Nos pés de Keirrison, o Verdão teve as melhores chances da partida, porém os dois chutes pararam na trave do goleiro Muñoz.

Na segunda etapa o drama alviverde aumentou com a expulsão do zagueiro Marcão. Mesmo com um a menos o Palmeiras não desistiu, e foi premiado com um golaço de Cleiton Xavier aos 41 minutos do segundo tempo.

561d2dfdf3197 Foto: Arquivo Lance!

Em entrevista exclusiva ao programa Esporte 9 no ar, do jornalista Alex Muller, Cleiton relembrou de um dos gols mais emblemáticos de sua carreira.

'Foi um momento inesquecível. Até hoje quando venho para São Paulo os palmeirenses me param pra falar desse gol. Com certeza foi o mais bonito e mais emblemático da minha carreira', disse o meia que também fez parte da campanha do Eneacampeonato do Verdão, em 2016.

Cleiton relembra que naquele momento da partida o Palmeiras tinha perdido todos os seus jogadores mais experientes. Diego Souza e Pierre saíram machucados, enquanto Marcão foi expulso. Só sobrou Marcos no gol.

'O Marcos não queria que eu chutasse. Quando eu chutei acho que ele gritou lá de trás pra eu não chutar. Mas depois que a bola entrou eu não sabia o que fazer. Eu nunca senti uma emoção daquela. O estádio deles calado e a torcida do Palmeiras fazendo uma festa como se a gente tivesse sido campeão', brincou CX.

Cleiton acredita que 2009 foi o melhor ano de sua carreira e afirma que se não fossem as lesões, o Verdão poderia ter sido campeão brasileiro ao final daquela temporada.

'O elenco era curto. Eu, o Pierre que era o cão de guarda daquele time e o Maurício Ramos nos machucamos. Não dá pra afirmar que nós seríamos campeões, mas com certeza fizemos muita falta para a equipe na reta final', disse o ex-camisa 10.

Cleiton vive atualmente em Maceió, onde possui uma escolinha de futebol para crianças. Recém aposentado dos gramados, o meia agradeceu o Palmeiras pelos seus melhores momentos vividos de sua carreira e escolheu o gol diante do Corinthians em 2016, como o grande momento de redenção na sua história vestindo o manto alviverde.

Relembre os melhores momentos de Colo Colo 0 x 1 Palmeiras:

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!