5 motivos e uma única certeza: Cruzeiro será um teste diferente para o Palmeiras de Felipão

5 motivos e uma única certeza: Cruzeiro será um teste diferente para o Palmeiras de Felipão

Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

Palmeiras e Cruzeiro fazem nessa noite o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil 2018. O confronto entre os dois Palestras Itália deve ser muito equilibrado, brigado e disputado, como uma semifinal de Copa pede.

Listei alguns motivos que fazem a partida desta noite ser um teste diferente para o Palmeiras de Felipão. Scolari já não tem mais o que provar após esse magnífico início no comando do alviverde. Porém a partida desta noite reserva algumas particularidades interessantes.

Vamos a elas:

1 – Longo tabu

Palmeiras não vence o Cruzeiro desde 2015, ano da conquista da Copa do Brasil. De lá pra cá foram oito jogos, com três vitórias cruzeirenses e cinco empates. Porém com Felipão no comando do Verdão, o retrospecto frente ao Cruzeiro é altamente favorável, incluindo um título de Copa do Brasil, em 1998.

2 – Primeiro mata-mata iniciando em casa

Desde que voltou ao Palmeiras, o jogo diante do Cruzeiro será o primeiro duelo de mata-mata de Felipão jogando a primeira em casa. O Verdão passou por Bahia e Cerro Porteño com Scolari, porém decidiu em casa nas duas ocasiões. Hoje, o time precisará construir um bom resultado pensando na decisão em Belo Horizonte.

3 – Mano Menezes e o estilo parecido com o de Scolari

Mano Menezes tem um estilo de jogo muito parecido com o de Felipão. O também gaúcho gosta de um jogo mais reativo, com um sistema defensivo mais protegido. Seus times possuem uma característica de não sofrer tantos riscos. Por isso o jogo de hoje deve ser muito estudado e decidido nos mínimos detalhes.

4 – Time de Copa

Apesar da pífia campanha no Brasileirão, o Cruzeiro se mostra desde o ano passado ser um time feito para disputar as Copas. Atual campeão da Copa do Brasil, o time de Mano Menezes tem tudo que um time copeiro precisa: jogadores experientes e acostumados com esse tipo de duelo. Ao mesmo tempo que não é um time assustador, é uma equipe altamente competitiva.

5 – Ataque em má fase, mas perigoso

O Cruzeiro tem um dos piores ataques do Brasileirão. Mesmo assim é bom o Palmeiras ficar ligado. No ano passado, com praticamente o mesmo time, os mineiros fizeram três gols em menos de 30 minutos sobre o Palmeiras de Cuca. O alviverde ainda foi buscar o empate, mas os três tentos marcados no Allianz Parque foram essenciais para a classificação cruzeirense no segundo jogo. Lembrando que esse ano não existe o critério do gol marcado fora de casa.

Palmeiras e Cruzeiro se enfrentam nesta quarta-feira (12), a partir das 21h e 45min no Allianz Parque. O provável time de Luiz Felipe Scolari deve ser: Weverton, Mayke, Dracena, Antônio Carlos e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Willian, Dudu e Borja. Mais de 30 mil ingressos já foram vendidos.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!