A rua é do Palestra, não da polícia

A rua é do Palestra, não da polícia

Pra que bomba, bala e gás pra mandar pra casa quem estava fazendo festa pelo deca? Quem é o irresponsável pelo policiamento que quis tirar o povo campeão da rua? Quem causou mais bagunça na Palestra, os batedores de carteira e celulares ou os batedores do choque desde que cercaram a arena? Pra que bater em retirada e bater em torcedores de todas as idades sem diálogo e só truculência? São muitas perguntas porque não haverá respostas das autoridades autoritárias. Cadê o promotor de eventos dele mesmo do que da violência nos estádios? Violência só se viu no batalhão de choque. Não querem mais festa na rua. Não querem mais rua. Não querem mais gente. A institucionalização da intolerância que é a torcida única agora produziu a aberração da festa que teve hora pra acabar. Da truculência que não pode ter hora pra começar.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.