Acostumado com decisões, Luiz Adriano é a esperança de gols do Verdão contra o Grêmio

Acostumado com decisões, Luiz Adriano é a esperança de gols do Verdão contra o Grêmio

(Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras/Divulgação)

Revelado no Internacional, arquirrival do adversário do Palmeiras no confronto das quartas de final da Libertadores, o recém contratado Luiz Adriano é a principal aposta de Felipão para comandar o ataque Alviverde no confronto desta terça, contra o Tricolor Gaúcho.

A começar pelo retrospecto do atacante em jogos decisivos, os torcedores do Verdão podem ficar animados.

O atual camisa 10 do Palmeiras começou a construir a sua imagem de "jogador decisivo" mesmo antes de chegar ao profissional. Na decisão do Campeonato Brasileiro sub-20 de 2006, Luiz Adriano marcou dois gols na vitória por 4 x0 diante do próprio Grêmio e faturou o seu primeiro título importante.

Já no profissional, foi fundamental na conquista do Mundial de Clubes, no segundo semestre daquele mesmo ano. Fez o gol da vitória contra o Al-Ahly e garantiu o Inter na decisão do torneio. Na grande final, contra o poderoso Barcelona, participou da jogada que rendeu o gol do título da equipe colorada.

Em gramados europeus, o goleador aumentou a sua fama de decisivo. Na final da Copa da Uefa de 2008-2009, contra o Werder Bremen da Alemanha, Adriano anotou o primeiro gol da partida e ajudou o Shakhtar a conquistar o maior título de sua história.

Em oito anos com a camisa da equipe ucraniana conquistou 15 títulos, terminando como artilheiro em duas ocasiões.

Com a camisa canarinha, o jogador conquistou o sul-americano sub-20, em 2007, e ao lado de Alexandre Pato e Lucas Leiva, foi um dos principais destaques da Seleção Brasileira.

Multicampeão e goleador em jogos decisivos, Luiz Adriano agora tem a oportunidade de começar a escrever, em verde e branco, uma nova história em sua carreira justamente contra um velho conhecido: o Grêmio!