Antes avassalador, Palmeiras coleciona fracassos nos pênaltis no Allianz Parque

Antes avassalador, Palmeiras coleciona fracassos nos pênaltis no Allianz Parque

(Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação)

O ano de 2015 marcou praticamente a estreia do Allianz Parque. E o aproveitamento do Palmeiras nas decisões em seu novo estádio não poderia ter começado melhor para os torcedores palmeirenses.

Após conquistar a Copa do Brasil daquele ano com duas decisões por pênaltis, na semi diante do Fluminense e na final contra o Santos, o desempenho do Verdão na marca da cal despencou.

A eliminação para o São Paulo no último domingo marcou a terceira eliminação seguida do clube em disputa de pênaltis no seu estádio.

Em 2017, Bruno Henrique e Egídio desperdiçaram suas cobranças contra o Barcelona de Guayaquil e o Palmeiras de Cuca deu adeus à Libertadores daquele ano.

Já em 2018 foi a vez do alviverde perder para o maior rival nos pênaltis. Após 180 minutos de pouco futebol e muito nervosismo, Dudu e Lucas Lima pararam em Cássio e o clube ficou com o vice Paulista.

O aproveitamento de Felipão na nova arena palestrina em mata-mata também é preocupante. A última vitória alviverde em casa num jogo decisivo foi contra o Colo Colo, pelas quartas de final da Libertadores passada.

Somente no ano passado foram derrotas para Cruzeiro pela Copa do BR e Cerro Porteño pela Libertadores, e o empate seguido de eliminação com o Boca Jrs pela semifinal do torneio continental.

Em 2019, o clube disputou 3 clássicos no seu estádio, e não venceu nenhum jogo. Uma derrota, dois empates e nenhum gol marcado.

O rendimento do time nos torneios eliminatórios e principalmente na marca da cal preocupa demais a torcida, uma vez que nesta temporada o clube ainda tem Copa do Brasil e Libertadores pela frente.

Goleiro pegador de pênalti não falta ao clube. Talvez o que precise ser feito é muito mais treino, além de um bom trabalho psicológico nos principais batedores da equipe.

O péssimo histórico recente nas penalidades fez com que o clube agora carregue mais eliminações do que classificações no Allianz Parque em jogos que foram decididos nos pênaltis.

Em 5 oportunidades, foram duas vitórias e três derrotas.

O Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira para encarar o Junior Barranquila, no Allianz Parque, pela quarta rodada da Copa Libertadores 2019.

O jogo será transmitido pela Rede Globo.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!