Após título da Copa Santiago, Renan Victor elogia base do Palmeiras: "Uma das melhores do Brasil"

Após título da Copa Santiago, Renan Victor elogia base do Palmeiras: "Uma das melhores do Brasil"

Após conquistar diversos títulos nas categorias de base em 2019, o Palmeiras provou que está entre os melhores clubes quando se fala em revelar jogadores. Com alguns jogadores presentes no elenco do Brasil, que foi campeão Mundial Sub-17, um dos destaques foi o polivalente Renan Victor.

Zagueiro de ofício, o jogador de 17 anos passou a ser testado de lateral-esquerdo e mostrou grande qualidade na posição. Na convocação para o Mundial, o técnico Guilherme Dalla deixou de convocar um atleta da linha defensiva para chamar um atacante a mais exatamente por ter a opção do Renan Victor jogar nas duas posições sem perder a eficiência.

Campeão da Copa Santiago jogando de lateral, o palmeirense demonstrou muita qualidade na parte defensiva, mas também na saída de bola e era um dos elementos principais do ataque alviverde. Ele afirma que o Palmeiras provou ter uma das melhores bases do país e comemorou mais um título pelo clube.

WhatsApp-Image-2020-01-30-at-12.52.30--1-

  • É uma sensação muito boa poder conquistar mais um campeonato com a camisa do Palmeiras. Além disso, me sinto honrado em fazer parte de uma das melhores bases do Brasil e a cada competição que disputamos provamos que estamos entre os melhores clubes reveladores. - comentou o atleta.

Elogiado até pela imprensa italiana, que o comparou com Thiago Silva, Renan também revela que vive uma de suas melhores fases da curta carreira e acredita que jogar em duas posições de maneira regular faz com que a evolução seja mais rápida e a briga por uma posição no time de cima seja maior.

  • Já vivi momentos parecidos, mas é uma das minhas melhores fases. Estive presente no Mundial ano passado e agora começar o ano vencendo a Copa Santiago é muito bom. Além disso, estou evoluindo bastante, ainda mais jogando em duas posições e isso pode me ajudar a ganhar espaço na equipe de cima. Os treinadores podem ver que eu posso jogar de zagueiro e lateral, jogando o mesmo futebol, com a mesma qualidade. - concluiu o jogador.
  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!