Asterisco sem risco. Palmeiras 2 x 0 Avaí.

Asterisco sem risco. Palmeiras 2 x 0 Avaí.

O Palmeiras precisava voltar à liderança sem asterisco ganhando do frágil Avaí no Allianz Parque. O time de Geninho chegou assustando com tiro de Caio Paulista, aos 26 segundos. Foi a primeira das 4 chegadas catarinenses. A equipe melhorou um pouco quando Douglas entrou, ainda que fora de forma e ritmo. Mas com categoria. Menos para dar um bico para a lateral quando o placar já era do dono da casa onde só soube vencer nos últimos 18 jogos mandando no Allianz Parque ou Pacaembu. São 32 jogos sem derrota (contando a partida com o Botafogo). Metade deles foram clássicos. Foram 15 com equipes alternativas.

Impressionante. Também porque objetivo como foi Deyverson para fazer 1 a 0, aos 31, quando nem o bandeirinha conseguiu estragar ao anotar impedimento que não existia e demorou demais para o VAR validar.

Equipe que foi compenetrada e séria até Bruno Henrique aparecer livre e, com qualidade e tranquilidade, marcar o segundo gol da vitória justa, aos 20.

Tanto quanto a homenagem antes de a bola rolar para Marcos, Arce, Júnior Baiano, Roque Júnior, Júnior, César Sampaio, ZInho, Alex, Paulo Nunes, Oséas, Sérgio, Neném, Rivarola, Agnaldo, Rubens Júnior, Galeano, Tiago Silva, Juliano e Edmilson. Os campeões da América de 1999, que neste domingo completa 20 anos da conquista, que vieram receber o carinho do clube.

Devidamente homenageados e aplaudidos no gramado. Como seria Dudu ao ser substituído. Como até Lucas Lima mereceu quando saiu de um time que muda nomes. Mas mantém a história que segue firme como o desempenho de apenas 9 gols sofridos de janeiro a junho.

Quem sabe propiciando em 2039 algo semelhante no Allianz Parque.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.