Ausência de Dudu abre espaço para garotos da base

Ausência de Dudu abre espaço para garotos da base

(Foto:Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras tem uma baixa importante para o jogo que marca o reencontro do time e do torcedor com o Allianz Parque, no próximo domingo, contra o Mirassol. Símbolo da retomada do clube nos últimos seis anos, Dudu foi expulso contra a Ponte Preta e desfalca a equipe.

A ausência do craque do Verdão deve abrir espaço para novos testes no time de Vanderlei Luxemburgo. Dudu é a única opção de velocidade e profundidade nos onze titulares do Alviverde, características consideradas importantes pelo técnico do Palmeiras.

Se optar por manter a formação tática da equipe, Luxa tem duas opções no elenco para substituir Dudu, no próximo domingo: os garotos Gabriel Veron e Wesley, crias das categorias de base do Palmeiras e xodós da torcida.

Veron terminou 2019 em alta, mas na atual temporada ainda não conseguiu engrenar bons jogos. Na única partida que iniciou como titular em 2020, teve uma atuação tímida contra o São Paulo.

Wesley foi figura importante na pré-temporada realizada na Flórida, e tornou-se uma opção interessante para a segunda etapa. No entanto, quando iniciou na formação titular, contra o Red Bull Bragantino, não conseguiu se destacar e foi substituído no intervalo.

Apesar do grande potencial de Veron e Wesley, o técnico Vanderlei Luxemburgo vem enfatizando em suas entrevistas que pretende utilizar os garotos aos poucos, até para não correr o risco de queimá-los. O comandante Alviverde solicitou à diretoria a contratação de um jogador mais "experimentado" para exercer a função na beirada de campo.

Enquanto os reforços não chegam, os meninos do Verdão podem ter mais uma grande oportunidade, no jogo contra o Mirassol e mostrar amadurecimento e qualidade, tornando-se opções importantes pare o restante da temporada.