Barros confirma dívida, garante acerto e revela venda de atacante

Barros confirma dívida, garante acerto e revela venda de atacante

Foto: Flicker Palmeiras

Vivendo uma semana de bastidores agitados, o Palmeiras viu-se contra uma ação na Fifa por uma dívida em aberto e também com a possibilidade de fazer dinheiro com uma importante venda. Procurado pela reportagem do Nosso Palestra, o gerente de futebol do alviverde, Anderson Barros, admitiu a dívida, afirmou que a questão já está resolvida e que a venda de Cabral ajudará.

Emprestado e sendo muito bem utilizado, inclusive a um gol de bater a meta que obriga os Suíços a fecharem a transferência em definitivo por R$ 26 milhões, Cabral será um alivio ao caixa. "O valor deve contribuir para equilibrar o fluxo de caixa Alviverde. "A venda deve ser sacramentada nuito em breve e os valores serão importantes para ajustar situações que são necessárias."

Adquirido pelo Verdão no segundo semestre de 2019 por US$ 3 milhões, o atacante Ivan Angulo foi protagonista de uma ação do Engivado, seu ex-time, da Colômbia, ccontra o Palmeiras por uma dívida na aquisição do jovem que atualmente defende o Cruzeiro, por empréstimo.

“Infelizmente, era uma dívida do ano passado. Estamos tentando colocar todas as contas do clube em dia. Posso dizer que esta questão já está resolvida, inclusive com troca de documentos e prazos para pagamentos dos valores em aberto. A questão será retirada da FIFA”.

O Gerente de futebol aproveitou para descartar o interesse nas contratações do lateral-direito Marcinho, do Botafogo e do meia Cazares, nomes ventilados no Palmeiras nos últimos dias.

  • João Gabriel

    João Gabriel

    De família italiana e tipicamente alviverde, é de São Manuel, interior do estado. Se formou em Jornalismo pela USC/Bauru e é pós graduado em jornalismo esportivo pelo IPOG/SP.

  • Vinícius Gutierres

    Vinícius Gutierres

    Formado em Jornalismo e Direito pela Puc-Campinas.