Borja iguala Gabriel Jesus e busca missão “impossível” para bater recorde de Barcos

Borja iguala Gabriel Jesus e busca missão “impossível” para bater recorde de Barcos

Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

O gol de Miguel Borja que garantiu mais uma vitória para o Palmeiras no Campeonato Brasileiro diante da Chapecoense no último domingo, fez com que o colombiano alcançasse mais uma marca importante no alviverde. Chegando aos 18 gols em 2018, e 28 com a camisa palmeirense, Borja igualou o número de gols de Gabriel Jesus pelo Verdão, mesmo com 10 jogos a menos (73 a 83).

Com o time de Scolari brigando pelas três competições que ainda lhe restam, Borja pode aumentar o número de gols com a camisa 9 palestrina nesta noite diante do Atlético-PR no Allianz Parque.

Mas o colombiano terá uma missão no mínimo complicada, se quiser bater a marca do maior artilheiro do Verdão em uma temporada nesta década.

Em 2012, Barcos chegou ao Palmeiras prometendo fazer 27 gols no ano. Não só cumpriu como fez um a mais. Mesmo com o Palmeiras caindo para a segunda divisão, o Pirata alcançou um número de respeito. Ninguém nesta década fez mais gols que ele em uma temporada pelo alviverde.

Com 18 tentos marcados em 2018, Miguel já ultrapassou os artilheiros de 2015 e do ano passado, que foram Dudu (16) e Willian com 17, respectivamente.

Em 2016, ano do eneacampeonato brasileiro do Verdão, Gabriel Jesus foi quem mais balançou as redes para o Palmeiras, marcando 21 vezes entre Paulista, Libertadores e
Brasileiro.

Veja a lista dos artilheiros por temporada do Verdão neste século:

2001 - Lopes (20 gols)

2002 - Arce (16 gols)

2003 - Vágner Love (21 gols)

2004 - Vágner Love (28 gols)

2005 - Marcinho (17 gols)

2006 - Edmundo (19 gols)

2007 - Edmundo (16 gols)

2008 - Alex Mineiro (37 gols)

2009 - Keirrison (24 gols)

2010 - Robert (14 gols)

2011 - Kleber (17 gols)

2012 - Barcos (28 gols)

2013 - Leandro (19 gols)

2014 - Henrique Dourado (18 gols)

2015 - Dudu (16 gols)

2016 - Gabriel Jesus (21 gols)

2017 - Willian (17 gols)

Tags:
  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!