Em fase artilheira, Bruno Henrique reencontra Atlético-MG, sua maior vítima na carreira

Em fase artilheira, Bruno Henrique reencontra Atlético-MG, sua maior vítima na carreira

Foto: César Greco: Divulgação/Palmeiras

Em fase artilheira, com sete gols no brasileirão e no topo da lista entre os atletas do Palmeiras, o meio-campo Bruno Henrique na próxima rodada do Campeonato Brasileiro vai enfrentar sua maior vítima na carreira, o Atlético-MG, clube pelo qual atuou uma vez, no longínquo 2010, ainda no extinto sub-23, que tinha Jemerson, Fillipe Soutto e Diego Macedo, por exemplo.

Contra os mineiros, o camisa 19 palmeirense já anotou os mesmos sete gols que tem no campeonato nacional até aqui. Com passagens por Iraty, Portuguesa e Corinthians, antes da passagem pelo Palermo, da Itália, Bruno Henrique começou sua fama de carrasco do Galo ainda pela lusa.

Em 2013, último ano da Portuguesa na Série A, Bruno Henrique fazia parte do elenco que acabará rebaixado no tapetão, e deixou sua marca nos dois confrontos diante do Atlético-MG, que era campeão da Libertadores, tanto no Independência quanto no Canindé.

Os outros cinco gols do capitão do alviverde já foram com a camisa do Palmeiras. Foram dois tentos feitos em uma das vitórias marcantes do decacampeonato brasileiro, no Allianz Parque, por 3 a 2, de virada com um gol de falta e outro de cabeça com um público acima dos 30 mil presentes.

No 2º turno do brasileirão de 2018, o Palmeiras, empatou por 1 a 1 no Independência, e, de novo, Bruno Henrique estava lá para cumprir sua função de exterminador e anotar seu gol.

Nesta temporada, o mando de campo inverteu nos turnos, mas os gols de Bruno Henrique seguiram. Desta vez, o jogo teve uma peculiaridade de não ter transmissão com imagem, somente via rádio, por conta da negociação do Palmeiras, pelos direitos televisivos no PPV (Pay-Per-View) e TV Aberta. O camisa 19 que não tem nada com isso fez mais dois gols contra o Galo, e deu a vitória no Mineirão.

O lado carrasco de Bruno Henrique o fez liderar a lista de maiores goleadores contra o Atlético-MG com a camisa do Palmeiras. Com os cinco gols anotados, ultrapassou César Maluco e Tuta, que fizeram quatro.

De contrato renovado até o fim de 2023, o atleta tem tudo para aumentar ainda mais seu histórico positivo diante do Galo.

Vejam os gols:

1º Atlético-MG 2 x 1 Portuguesa (2013)

2º Portuguesa 2 x 0 Atlético-MG (2013)

3º e 4º Palmeiras 3 x 2 Atlético-MG (2018)

5º Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras (2018)

6º e 7º Atlético-MG 0 x 2 Palmeiras (2019)

  • Alysson Rodrigues

    Alysson Rodrigues

    Frustrado por não ser atleta por algo que sou apaixonado viro jornalista para unir essas paixões: leituras futebolísticas e Palmeiras.

  • Vinícius Gutierres

    Vinícius Gutierres

    Formado em Jornalismo e Direito pela Puc-Campinas.