Bruno Henrique pede foco diante de Colo-Colo e vê lição com expulsão de Melo

Bruno Henrique pede foco diante de Colo-Colo e vê lição com expulsão de Melo

Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

O volante e capitão do Palmeiras, Bruno Henrique, concedeu uma entrevista coletiva nesta manhã, no hotel em que o Palmeiras está hospedado em Santiago, capital do Chile. O Verdão parte para o último treino antes de encarar o Colo-Colo pela primeira partida das quartas de final da Libertadores.

Bruno iniciou a coletiva comentando sobre o fato do Palmeiras ter um time mais jovem do que o Colo-Colo: "Temos jogadores novos, mas experientes, rodados. Isso não vai influenciar. Nosso time já está sabendo jogar esse time de jogo. Esse fator não fará diferença."

Sobre os 100% de aproveitamento atuando fora de casa na Libertadores, o camisa 19 afirmou que o Palmeiras tem que continuar assim: "Quartas de final é um jogo diferente, mas a gente não pode mudar o nosso estilo de jogo. A gente tem que entrar pra jogar focado, vai ser um jogo competitivo. Mas queremos levar uma vantagem pra decidir em casa", disse Bruno.

Valdívia e Barrios?

"São jogadores experientes. Mas nós vamos enfrentar o Colo-Colo. Uma equipe que chegou até aqui por méritos. Claro que a gente tem que tomar cuidados e tentar neutralizar os dois, mas nossa preocupação é com o time todo deles."

Estratégia

"A gente tem que entrar muito compacto, com nossas linhas bem próximas. Fazer um jogo agressivo na marcação. Neutralizar a equipe deles desde lá do ataque. Não oferecer muitos contra-ataques, mas quando estivermos com a bola, vamos fazer o nosso jogo. Temos um bom ataque que pode decidir o jogo pra gente."

30095576938_f57e9617e4_b
Palmeiras busca uma vaga de semifinal de Libertadores que não vem desde 2001 (Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação)

Catimba do Valdívia e cuidado com o descontrole

"A gente sabe que pode encontrar esse tipo de situação. Não só nesse jogo, como em outros.É natural da Libertadores. O Felipão está trabalhando pra gente entrar focado em nao perder a cabeça. Tenho certeza que o nosso time está preparado para fazer um grande jogo aqui."

Lição da expulsão de Felipe Melo

"Claro que fica uma lição. Aconteceu no último jogo, mas dentro do contexto todo acho que o time se fortaleceu muito. Jogamos com um a menos a partida toda. Fomos inteligentes. Mas o Felipão tem conversado com a gente. Aprendemos não só com a expulsao mas também com outros lances em que tomamos gols, a gente sempre usa os erros paranão cometê-los mais."

Primeiro jogo de quartas de Libertadores, desde 2009

"Individualmente fico muito feliz de estar disputando minha primeira quarta de final de Libertadores. Muita gente do grupo está assim. Feliz pelo Palmeiras, pela empolgação da torcida com essa competição, então acho que temos tudo para voltar para o Brasil e conquistar a vaga ao lado da nossa torcida. O grupo está muito focado, trabalhando forte pra alcançar a semi!"

Thiago Santos no lugar do Felipe

"Não muda praticamente nada né? Eles fazem praticamente a mesma função. São dois jogadores que ficam mais na contenção e na proteção da zaga. Dentro do contexto do jogo acho que não muda nada."

Importante visitar o estádio antes?

"Acho que seria importante se a gente pudesse treinar. Pois você acaba conhecendo o gramado, eu nunca joguei aqui, mas particularmente ir no estádio um dia antes só pra conhecer não faz muita diferença.Se pudéssemos treinar sim. Mas só conhecer a gente conhece um pouco antes do jogo."

Marcação especial em cima do Valdívia?

A gente tem um sistema de jogo onde o meia ofensivo é marcado pelo nosso volante central, teoricamente quando ele cair pro meu lado eu vou marcar ele, quando ele tiver no lado do Thiago ele vai. O Valdívia é um grande jogador, a gente sabe. Mas nossa preocupação tem que ser com o time inteiro, fazer uma marcação muito forte."

Palmeiras e Colo Colo se enfrentam na quinta-feira a partir das 21h e 45 no Estádio Monumental David Arellano. Será a primeira partida da história do Chile com o VAR. A partir das quartas de final da Libertadores, todos os jogos contarão com o auxílio do árbitro de vídeo.

A provável escalação do Verdão é: Weverton, Mayke, Antônio Carlos, Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Moisés; Dudu, Willian e Borja.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!