Carrasco? Dudu participa de um gol a cada jogo que faz contra o Grêmio pelo Palmeiras

Carrasco? Dudu participa de um gol a cada jogo que faz contra o Grêmio pelo Palmeiras

Foto: Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

Dudu terá um reencontro especial nos próximos três jogos consecutivos do Palmeiras diante do Grêmio, seu ex-clube. O camisa 7 alviverde costuma brilhar contra os gaúchos e os números provam isso.

Nos sete jogos em que encarou o Tricolor gaúcho com a camisa do Palmeiras, o Baixola fez dois gols e deu cinco assistências. A média é a participação dele em um gol a cada partida.

Em 2015, em seu primeiro ano de Palmeiras, Dudu jogou somente uma vez contra o Grêmio. E foi na derrota por 1 a 0 para o time de Roger Machado. No segundo turno do Brasileirão daquele ano, Dudu não atuou na vitória palmeirense por 3 a 1.

Em 2016 a história mudou e Dudu deu três assistências na vitória alviverde por 4 a 3 no Pacaembu, também pelo Brasileiro. No ano do enea, Dudu enfrentaria o Grêmio mais duas vezes. Vale lembrar que o camisa 7 não jogou a partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, quando o Verdão empatou com o Grêmio e foi eliminado, naquele que é até hoje o único confronto entre as duas equipes no Allianz Parque.

Já em 2017, pelo Brasileirão, Dudu brilhou na Arena do Grêmio e comandou a vitória do Verdão por 3 a 1 com dois gols. No primeiro turno foi poupado por Cuca e não atuou na magra vitória por 1 a 0 no Paca.

No ano passado, Dudu foi determinante para os seis pontos que o Palmeiras conquistou em cima do time de Renato Gaúcho no Brasileirão. O camisa 7 deu uma bela assistência para Willian na vitória por 2 a 0 no Sul, e no segundo turno, serviu Deyverson para abrir o placar no Paca.

Na última quarta-feira, 14, em entrevista coletiva na Academia de Futebol, Dudu se colocou à disposição de Felipão para jogar as três partidas diante do Grêmio.

"Eu estou bem, descansando uma semana, a gente está trabalhando bem essa semana, pra fazer um bom jogo sábado, eu espero jogar, espero que o Felipão possa contar comigo", disse Dudu.

Conhecendo o passado do camisa 7 e sua forma física atual, ele com certeza deve atuar nas três partidas, uma vez que o jogo de sábado também é muito importante para os planos do alviverde no Brasileirão.

Palmeiras e Grêmio se enfrentaram dez vezes desde que Dudu trocou de lado. De lá para cá, foram seis vitórias alviverdes, duas derrotas e dois empates.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!