Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras tem dois jogos decisivos na sequência do Brasileirão. Domingo, contra o Cruzeiro, na melhor das hipóteses uma vitória pode dar a liderança ao Palmeiras pela primeira vez na competição. Na pior das hipóteses, deixar a equipe a quatro pontos do primeiro colocado São Paulo, que é o próximo adversário pelo Campeonato Brasileiro. De acordo com o que Felipão tem sinalizado em suas escalações na competição, a expectativa é que o Palmeiras entre em campo com ao menos cinco pendurados para o Choque-Rei.

Marcos Rocha, Victor Luis, Mayke, Thiago Santos, Bruno Henrique, Lucas Lima e Willian acumulam dois cartões amarelos. Caso levem mais um contra o Cruzeiro, estarão suspensos contra o São Paulo. Partindo do revezamento que o técnico tem feito ao priorizar a parte física, a expectativa é de que Mayke, Victor Luis, Thiago Santos e Lucas Lima comecem a partida, já que não entraram em campo na quarta-feira. Willian e Marcos Rocha estiveram em campo nos mais de 90 minutos no Mineirão e a tendência é que a comissão técnica opte por coloca-los no banco de reservas, já pensando no duelo da quarta-feira, pela Libertadores, contra o Colo Colo.

O capitão Bruno Henrique jogou apenas o 1º tempo do confronto contra o Cruzeiro e sua escalação dependeria do tamanho do desgaste acumulado de sua sequência de jogos e viagens. O volante participou das quatro partidas realizadas nos últimos 15 dias. Ele jogou 84 minutos da primeira partida da semifinal contra o Cruzeiro, 61 minutos contra o Bahia em Salvador, o jogo inteiro diante do Colo Colo no Chile e todo o primeiro tempo contra o Cruzeiro em Belo Horizonte.

Na manhã dessa sexta-feira, na reapresentação do elenco após a eliminação para o Cruzeiro na Copa do Brasil, apenas o aquecimento foi liberado para os jornalistas e, portanto, nenhuma possibilidade de escalação foi apresentada pelo técnico palmeirense. O elenco alviverde tem 50 pontos no Brasileirão e é o segundo colocado da competição. O jogo contra o Cruzeiro acontece nesse domingo, às 11hrs, no Pacaembu, pela 27ª rodada do campeonato.