Cria contra o criador: Felipão pega CSA, primeiro time a olhar o zagueiro como treinador

Cria contra o criador: Felipão pega CSA, primeiro time a olhar o zagueiro como treinador

Fotos: CSA/Divulgação

Depois de 37 anos da primeira vez que pisou em um campo de futebol, não como jogador, mas, sim, como técnico, Luiz Felipe Scolari vai enfrentar à equipe que deu primeira oportunidade de seguir na hoje consagrada carreira, o CSA, de Alagoas no estádio Rei Pelé.

felipao

O ano era 1982 e o time era o atual campeão alagoano e tinha na zaga um zagueiro 'turrão' vindo do Sul, chamado de Felipão. O bigode ganhou a titularidade e a simpatia dos torcedores e do técnico até então, Walmir Louruz. Scolari não fosse essa taça encerraria sua história como jogador sem nenhum caneco.

Em compensação como treinador já gritou 'É, campeão' em 28 oportunidades. Entre eles, um brasileirão, uma libertadores e a última Copa do Mundo vencida pelo Brasil.

Porém, Scolari, brinca com sua passagem relâmpaga pelo CSA. Depois de assumir foram sete jogos durante o Campeonato Brasileiro. Uma vitória, duas derrotas e quatro empates. Segundo o técnico, só foi demitido duas vezes. Nessa ocasião e no Chelsea, em 2009.

Queira ou não, o destino ligou ambos. O maior de Alagoas, como é chamado no Estado, o CSA, não sabia o que era uma Série A há 32 anos e retornou exatamente quando Luiz Felipe Scolari já consolidado na carreira é o atual campeão do torneio e nem faz um ano que voltou ao Brasil, após passagem pela China. Além de seguir invicto.

Durante essas mais de três décadas, Felipão rodou o mundo entre glórias e frustrações, enquanto os alagoanos viram o clube amarga a 4ª divisão nacional. Porém, foi capaz de realizar o feito inédito de subir todas divisões de forma consecutiva, com o vice-campeonato da Série B em 2018 e o título da Série C, em 2017.

images

dsc04573

Outra curiosidade que liga o comandante palmeirense e os alvicelestes é o ano de 1999. Enquanto a criatura Felipão no fim do século passado ergueu a taça Libertadores pelo Palmeiras, o CSA conseguiu ser o único time nordestino em uma final organizada pela Conmebol. O título não veio em dois jogos contra o Talleres. Mesmo vencendo por 4 a 2 no estádio Rei Pelé, na volta, os argentinos fizeram 3 a 0.

Veja os lances das finais da Libertadores e Copa Conmebol 99:

Por motivos contratuais, a partida entre Palmeiras e CSA, pela 2ª rodada do brasileirão, está marcada para 16h, no dia 1º de maio, sem transmissão televisiva. Jogo poderá ser acompanhado por rádios locais via aplicativos.

  • Alysson Rodrigues

    Alysson Rodrigues

    Frustrado por não ser atleta por algo que sou apaixonado viro jornalista para unir essas paixões: leituras futebolísticas e Palmeiras.