Derby do Carille. Palmeiras 0 x 1 Corinthians

Derby do Carille. Palmeiras 0 x 1 Corinthians

Sornoza bateu a falta na sua única participação mais efetiva, Gustavo ganhou mais uma vez pelo alto, Weverton fez o que pôde, Danilo Avelar fez o que não se imaginava que pudesse mais.

Eram 7 minutos do Derby. Até os 39 do segundo tempo, num contragolpe desperdiçado para fora, mais nada atacou o time de Carille. E pouco mais fez defensivamente. Plantado no 4-1-4-1 com Matheus Vital e Jadson pelos lados, Ramiro e Sornoza por dentro, Ralf à frente da área, Manoel e Henrique perderam quase todas as 900 bolas cruzadas pelo Palmeiras. Cássio não saiu como sempre. Mas, de fato, só fez uma defesa difícil num tiro de Dudu, aos 21 do segundo tempo.

No mais, todas as bolas que o Palmeiras levantou na área, todas mandou pra fora. Estivesse Gustavo de verde, teria feito os gols de uma possível virada alviverde.

Foram 12 chances contra apenas duas alvinegras. Mas foi mais uma partida em que o Palmeiras ainda deveu bola. Mesmo criando mais que nos outros 4 jogos, mesmo concedendo menos oportunidades que nas outras partidas, o time de Felipão fez pouco. Fora Dudu, pela esquerda na primeira meia hora, e depois pela direita até o final, o Palmeiras não foi bem. Até o capitão Bruno Henrique jogou mal. Erros técnicos fizeram o time criar pouco. E quando teve as chances, outros erros técnicos travaram o Palmeiras que vai jogar mais.

Desde que use melhor a cabeça nos cruzamentos. E Deyverson use a cabeça.

O Corinthians, agora, vai jogar muito mais. Com os reforços que chegam. E o Carille que voltou.
.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.