Di Ferrero relembra festa após título da Copa do Brasil em 2015: 'As pessoas me jogavam pra cima!'

Di Ferrero relembra festa após título da Copa do Brasil em 2015: 'As pessoas me jogavam pra cima!'

Foto: Diego Padgurschi/Folhapress

O cantor Di Ferrero participou da live do Nosso Palestra nesta quinta-feira, e entre tantos assuntos sobre a sua história com o Palmeiras, o músico falou sobre a histórica final da Copa do Brasil de 2015.

Di Ferrero venceu o medo da multidão palmeirense e foi pra galera para viver um dos títulos mais especiais como torcedor.

'A gente tava entalado né, a galera lotou o estádio, e também quem morava perto do estádio, a galera que não conseguiu entrar. E eu nunca fico nessas muvucas. Eu tenho medo de muita gente. Mas falei, quer saber eu vou, e foi demais cara. A galera estava toda reunida na praça, se divertindo na frente do estádio. E foi incrível, toda hora a galera me reconhecia e me balançava, me levantavam. Foi uma energia muito legal. Meio cansativo né, selfie toda hora, a gente tenta ficar meio escondido', disse o ilustre palmeirense que sempre que pode vai ao Allianz Parque torcer para o Verdão.

Na live, Di também contou outros jogos especiais em que esteve presente, como a final da Libertadores de 99 e 2000, e também o Choque-Rei em que Alex fez aquele gol de placa em cima de Rogério Ceni, em 2002.

A live completa do músico com a equipe do Nosso Palestra você assiste aqui:

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!