Diogo Barbosa revela pedido inicial de Mano: "Palmeiras não pode se desfazer da bola!"

Diogo Barbosa revela pedido inicial de Mano: "Palmeiras não pode se desfazer da bola!"

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras se reapresentou nesta terça-feira, na Academia de Futebol, para iniciar a preparação para o duelo diante do Fortaleza, no próximo domingo, na capital do Ceará.

Antes da atividade começar, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa falou com a imprensa.

Trabalhando pela segunda vez com Mano, técnico com quem o camisa 6 conquistou a Copa do Brasil de 2017 pelo Cruzeiro, Diogo revelou o segredo do sucesso desse início de trabalho do novo professor: ficar com a bola!

"Muito importante a chegada do Mano. Aos poucos ele está tentando colocar a metodologia dele de trabalho no nosso time. Essa semana cheia que vamos ter pra trabalhar, ele vai conseguir melhorar ainda mais e colocar mais ainda a sua ideia de trabalho. Ele teve uma conversa muito franca com a gente. Isso aproximou ele da gente.", disse Diogo.

Depois, o lateral do Verdão falou sobre o novo estilo do Palmeiras, que agora é um time que fica muito mais com a bola no chão.

"São estilos diferentes dele e do Felipão. Ele gosta de ficar com a bola. Ele pediu para que a gente não se desfaça da bola. Quando tiver apertado pra gente tentar voltar pra trás e tentar construir o jogo novamente. Eu conheço bem o Mano, sei que ele vai aprofundar nessa questão da posse. Vamos ter a bola o mais tempo possível no jogo. Estou confiante, ele é um grande técnico que vai fazer o nosso time atuar em alto nível novamente."

Sobre a suspensão de Dudu, Diogo lamentou a ausência do camisa 7 contra o Fortaleza, mas acredita que quem substituí-lo vai dar conta do recado:

"O Dudu é um jogador que dispensa comentários, um líder dentro do nosso grupo, no 1 x 1 ele é muito forte, uma jogada forte dele e do nosso time. Agora sem ele nosso time tem que mostrar a força do grupo. Claro que o Dudu não tem igual de característica no grupo, mas temos outros jogadores que podem acrescentar e dar conta do recado.", afirmou o camisa 6.

Pra finalizar, Diogo Barbosa afirmou que assim como em 2016, a disputa pelo título do Brasileirão ficará mesmo entre Flamengo e Santos:

"São dois grandes times, dois grandes grupos. Os dois têm grandes jogadores, ajuda muito ter um leque de opções. Essa briga vai ser muito boa. Acho que outros times vão correr também pela briga, mas acho que a grande disputa vai ser entre nós e o Flamengo. Vai parecer, sim, com 2016. Nós vamos buscar vencer sempre, para estar sempre na cola, para quando eles vacilarem, a gente poder igualar o número de pontos. Estamos na busca pela competição, não conseguimos a Libertadores e a Copa do Brasil. Então, cabe a nós buscar até o final esse título", completou.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!