Dudu abre a contagem em 2019 e segue boa fase que o fez craque do Brasileirão

Dudu abre a contagem em 2019 e segue boa fase que o fez craque do Brasileirão

Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

Passa ano, entra ano, e Dudu segue sendo o jogador mais importante e fator desequilibrante do Palmeiras. O camisa 7 foi um dos destaques da tranquila vitória palmeirense diante do Bragantino, ontem no Pacaembu, pela sexta rodada do Paulistão 2019.

O camisa 7 abriu o placar em um belíssimo contra-ataque, e depois fez uma bagunça no meio campo do time do interior para deixar Borja na cara do gol e sofrer a penalidade, que seria convertida por Gustavo Scarpa minutos depois.

Dudu já é o jogador que mais dribla neste Paulistão. Segundo o site Footstats, Dudu acumula 15 dribles aplicados sobre seus adversários neste início de Paulista, sendo o top 1 neste quesito. Quando o assunto se restringe a dribles certos, Dudu possui 12 dribles, e também lidera o fundamento.

O craque do Brasileirão 2018 mostra nesse início de temporada que tudo pode ser diferente dos últimos anos. Tanto em 2016, quanto 2017 e 2018, Dudu cresceu somente no segundo semestre. Sendo importantíssimo nos dois títulos brasileiros do Palmeiras.

Em 2019, o ídolo da nova geração de palmeirenses foi elogiado até por Zé Roberto pela sua forma física na volta das férias.

"É a primeira vez que pego ele em uma reapresentação para a pré-temporada sem bochechinha e sem barriguinha. Sinal de que ele se cuidou, comeu menos, bebeu menos, mostra que está focado. Nos treinamentos, não preciso nem falar. Então a gente espera que o Dudu continue com a gente, claro", afirmou Zé Roberto, dias antes de Dudu acertar a sua renovação com o Palmeiras.

Dudu chegou a 56 gols com a camisa do Palmeiras e se isolou como maior artilheiro do clube neste Século XXI. As boas apresentações nesse começo de ano credenciam cada vez mais o atleta para estar na próxima lista de Tite.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!