Dudu fatura bola de prata pelo quarto ano seguido e aumenta marcas pessoais com a camisa do Palmeiras

Dudu fatura bola de prata pelo quarto ano seguido e aumenta marcas pessoais com a camisa do Palmeiras

(Foto: Gabriel Amorim)

Dudu terminou mais um ano sendo o grande destaque do Palmeiras. Prova disso é que o camisa 7 entrou na seleção do Bola de Prata, premiação da ESPN para os melhores do Brasileirão. Gustavo Gómez foi o outro palmeirense na lista.

Com 13 gols e 18 assistências, o Baixola sobrou mais uma vez e foi o cara do segundo semestre no Verdão.

Perguntado sobre ter que aumentar a prateleira de prêmios em casa, o ídolo palestrino sorriu e disse:

"Muito feliz de estar aqui recebendo esse prêmio. Quero agradecer todos os meus companheiros, pelo quarto ano seguido venho receber".

Sobre a maneira de jogar pra 2020, ele não quis comentar sobre a mudança que Andrey Lopes fez nos últimos dois jogos. Mais solto, Dudu marcou três vezes: duas contra o Goiás e uma contra o Cruzeiro

"Para o próximo técnico que chegar eu só posso falar que do meio pra frente eu jogo em qualquer posição. Só me escalar que eu vou estar pronto para tentar ajudar o Palmeiras", finalizou Dudu.

O camisa 7 também entrou para a história do prêmio Bola de Prata. Ao lado de Geromel, eles são os únicos atletas a vencerem o prêmio por quatro anos seguidos.

O artilheiro e rei das assistências do Verdão no ano deve viajar de férias e retornar ao clube no início de 2020 para iniciar a preparação para a Flórida Cup.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!