Elenco do Verdão aprova novo gramado do Allianz em primeiro treino

Elenco do Verdão aprova novo gramado do Allianz em primeiro treino

Foto: Divulgação Palmeiras

O Palmeiras pisou ontem pela primeira vez no novo gramado sintético do Allianz Parque. Em uma atividade de mais de uma hora, os jogadores puderam sentir o tapete artificial da casa do Verdão e não pouparam elogios para a tecnologia usada pela Soccer Grass.

Em entrevista exclusiva para a TV Palmeiras, Gustavo Scarpa falou sobre as vantagens que o novo piso podem trazer ao Verdão nos jogos como mandante.

  • Precisamos fazer valer a inexperiência dos adversários no nosso campo e procurar o resultado logo no começo do jogo, porque, no segundo tempo, geralmente a equipe acaba se adaptando. Temos de tirar o máximo de vantagem em cima disso - disse o camisa 14.

Raphael Veiga, jogador do elenco mais acostumado a atuar no gramado sintético devido sua passagem pelo Atlhetico, também fez elogios ao gramado..

'Gosto bastante. É um gramado regular. Independentemente do momento do jogo, será sempre esse gramado, sem problema de buraco ou mudança se chover. Sofríamos um pouco com o antigo gramado, até pelos shows também. É lógico que, por ser o primeiro treino, tem a questão de adaptação, com borrachinha, areia, tudo. Mas a mudança vem para ajudar. Melhora tecnicamente e nos faz jogar melhor.', afirmou Veiga também para a TV Palmeiras.

Ex-capitão e um dos líderes do elenco alviverde, Bruno Henrique também deu a sua primeira impressão sobre a mudança na casa onde já fez tantos gols.

'O primeiro contato com o gramado nos deixou muito contentes. O antigo gramado, às vezes, era um pouco irregular, não mantinha um padrão. Agora, será um benefício muito bacana. Tem o processo de adaptação, mas tenho certeza de que será bem rápido. Com o novo gramado, esperamos muitas vitórias e, sem dúvida, títulos', finalizou o camisa 19.

O Palmeiras volta a fazer um treino no novo gramado do Allianz nesta sexta-feira, 14, em atividade aberta para sócios-torcedores.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!