Em tarde de erros, Palmeiras e Santos empatam sem gols no Pacaembu

Em tarde de erros, Palmeiras e Santos empatam sem gols no Pacaembu

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras enfrentou o Santos nesta tarde de sábado, 29, e ficou no 0 a 0 em um jogo de muitos erros. Os dois times e a arbitragem, que errou em um lance capital onde o Palmeiras teria um pênalti com Rony, no segundo tempo.

Com Raphael Veiga irreconhecível no primeiro tempo, Luxemburgo colocou Dudu como meia na segunda etapa e testou Rony e Veron nas pontas.Luiz Adriano também foi sacado no intervalo.

O Verdão melhorou, mas o jogo se tornou uma pelada, especialmente na final. Com diversos erros dos dois lados, abriu-se um buraco no meio de campo, várias oportunidades de ambos os lados, porém com finalizações erradas.

Em um lançamento de Weverton, Rony cortou Pará, que colocou a mão na bola dentro da área. Flávio Rodrigues de Souza chegou a marcar pênalti, mas o assistente Alex Ang Ribeiro apontou, erradamente, impedimento.

Vale lembrar que na fase de grupos não há VAR. A ferramente fará parte do torneio a partir das quartas de final. No primeiro tempo, Felipe Melo recebeu cartão amarelo após falta em Yuri Alberto e caso tivesse o recurso de vídeo, poderia ter sido expulso.

O camisa 30 está suspenso contra a Ferroviária, sábado (7) no Allianz Parque.

No Palmeiras, os melhores foram Gabriel Menino, a dupla de zaga e Dudu. Enquanto Zé Rafael, Bruno Henrique e Willian fizeram uma partida abaixo.

Com o resultado, o Verdão perdeu a chance de assumir a liderança do Grupo B do Paulistão. O Santo André tem 19 pontos, contra 17. O Ramalhão é dono da melhor campanha da competição.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!