Especial BR-72 - Subindo: Fluminense 0 x 1 Palmeiras

Especial BR-72 - Subindo: Fluminense 0 x 1 Palmeiras

O Palmeiras havia acertado as coisas com Brandão e as contas com César. Por ironia, o Fluminense se desentendia com seu antecessor no Palestra - o artilheiro argentino Artime, que não tinha mais ambiente no clube. Clima conturbado nas Laranjeiras que favoreceu o Verdão na busca da primeira grande vitória num clássico fora de casa no BR-72. Contra o Flu que liderava o seu grupo.

Já eram 9 partidas invictas no torneio. Quase a escalação ideal para a equipe que não teria o suspenso César por todo o torneio. Mas ainda assim se discutia o desempenho do time de Brandão.

Eurico e Leivinha voltavam à equipe alviverde. O camisa 8 retornava com o gol da vitória no Rio, logo aos 14 minutos. Ademir avançou pela esquerda depois de tabelar com Ronaldo, passou pelo lateral Toninho (do Brasil na Copa-78), também fintou o goleiro Jorge Vitório, e passou a bola com a natural frieza de sempre para Leivinha.

Brandão então recuou o time. Leão seguiu fechando a meta como já fizera duas grandes defesas antes do gol.

Na segunda etapa, no contragolpe, Pio mandou uma bola na trave. Lula, ponta-esquerda campeão pelo Palmeiras da Taça Brasil-67, mandou outra no poste. Alfredo salvou gol sobre a linha.

A vitória veio ao final para o time mais técnico e inteligente, com Ronaldo e Nei ajudando muito defensivamente a equipe.

Ademir de Guia foi o craque do clássico. Ganhou nota 10 de O GLOBO pela atuação. “Está em grande forma técnica e física”. E estava mesmo. Mérito do preparador físico Helio Maffia. Ele foi quem orientou a equipe na vitória no Rio. Brandão havia sido suspenso por 10 dias pelo STJD por indisciplina.

Foi o primeiro jogo de Madurga, Nei e Alfredo no Maracanã. A vitória deixou o Palmeiras ainda no quarto lugar do grupo. Leivinha estava a três gols do artilheiro Campos, do Galo, que tinha 10 gols em 10 rodadas.

https://youtu.be/xnacXqC8BmQ

FLUMINENSE 0 x 1 PALMEIRAS
Campeonato Brasileiro/Primeira Fase
Quinta-feira, 12/outubro (noite)
Maracanã
Rio de Janeiro (RJ)
Juiz: José Luís Barreto (RS)
Renda: Cr$ 87 778
Público: 12 883
PALMEIRAS: Leão; Eurico, Luís Pereira, Alfredo e Zeca; Dudu e Ademir da Guia; Ronaldo, Madurga, Leivinha (Fedato) e Nei (Pio)
Técnico: Oswaldo Brandão
Gol: Leivinha 14 do 1º

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.