Especial BR-72 - Vitória antes da tormenta: Náutico 1 x 2 Palmeiras

Especial BR-72 - Vitória antes da tormenta: Náutico 1 x 2 Palmeiras

Brandão começava a encontrar o time. E ele, o jogo. Ótima vitória no Recife por 2 a 1 contra o Náutico. O rival batido na decisão da Taça Brasil de 1967. Era a sexta partida invicta desde a estreia no BR-72 perdida para o Coritiba - a primeira derrota oficial do ano.

Ainda sem Dudu se recuperando das costelas fraturadas no começo do mês, e com César suspenso, o Velho Mestre equilibrara a equipe com o volante Zé Carlos protegendo a zaga, Ademir regendo a equipe no meio-campo, com Madurga liberado para encostar em Leivinha, muito bem como o móvel e
hábil comandante de ataque. Autor dos dois gols da vitória fora de casa.

Aos 7, Leivinha completou o lance bem trabalhado que começou com Alfredo, que tocou para Ademir lançar Nei. O ponta cortou por dentro a bola que sobrou para Madurga servir o camisa 8. Ele faria o segundo aos 13, aproveitando no segundo de pau, de cabeça, subindo mais que todos e com técnica absurda, o escanteio cobrado por Ronaldo :- direita.

O Náutico diminuiu aos 31, depois de desatenção de Eurico, num chute forte do lateral Romero (que jogaria no Verdão em 1977, assim como o ótimo meia Vasconcelos, outro que seria alviverde em 1976).

Na segunda etapa, o Palmeiras soube administrar a boa vitória sem maiores problemas, mesmo com a expulsão de Ronaldo, que trocou pontapés com Ubirajara (que também foi expulso).

O resultado colocava o Palmeiras na terceira colocação do Grupo C. Ainda não era o ideal. Mas poderia ser pior pelo que aconteceria no domingo de folga no Recife. Crise que levaria ao pedido de demissão de Oswaldo Brandão...

Mas ela seria aceita pela direção do clube?

O jogo seguinte seria em Alagoas, contra o CRB.

VEJA OS GOLS https://youtu.be/6dSBiYGj9qg

NÁUTICO 1 x 2 PALMEIRAS
Campeonato Brasileiro/Primeira Fase
Sábado, 30/setembro (tarde)
Arruda
Recife (PE)
Juiz: Arnaldo César Coelho (RJ)
Renda: Cr$ 83 677
Público: não disponível
PALMEIRAS: Leão; Eurico, Luís Pereira, Alfredo e Zeca; Zé Carlos e Ademir da Guia; Ronaldo, Madurga (Pio), Leivinha (Edu) e Nei
Técnico: Oswaldo Brandão
Gols: Leivinha 7, Leivinha 13 e Romero 31 1º
Expulsões: Ronaldo e Ubirajara 13 do 2º

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.