Especial Libertadores-99: São Paulo 5 x 1 Palmeiras, em 09/05/1999

Especial Libertadores-99: São Paulo 5 x 1 Palmeiras, em 09/05/1999

https://youtu.be/K2hGhIV_2GI

Felipão havia cantado a bola na véspera: em boa fase, descansado, apenas disputando o SP-99, o São Paulo era favorito contra o Palmeiras esgarçado na disputa do Paulistão e ainda da Copa do Brasil e Libertadores.

Bidu (como se dizia à época): 5 a 1 São Paulo. Uma das maiores goleadas do rival no Choque-Rei.

O time de Carpegiani não tinha três titulares além de Raí (que estava no banco). Felipão mandou a campo o Verdão com apenas os então titulares Arce, Cléber, Júnior e Rogério.

Em boa tabela, Marcelinho Paraíba fez 1 a 0 São Paulo, aos 6. Arce empatou de pênalti (inexistente) aos 15. O Palmeiras conseguiu equilibrar o jogo fechando o meio com três volantes. Aos 41, o zagueiro rival Wilson foi expulso.

Mas o dono da casa voltou melhor. E com 4 minutos desempatou em pênalti sofrido e convertido por Serginho. Roque Júnior foi expulso pela falta. Mais 6 minutos e Carlos Miguel foi expulso. Não deu 4 minutos e Serginho ampliou, em novo pênalti marcado por Paulo César de Oliveira.

O Palmeiras murchou e cairia feio a partir dos 34, quando Jackson foi expulso. Edu, de cabeça, aos 37, e Serginho, aos 45, fecharam a conta.

Felipão ficou fulo com a equipe. Esperava a derrota. Mas não a goleada. Ainda mais a três dias do Derby de volta pelas quartas da Libertadores.

SÃO PAULO 5 x 1 PALMEIRAS
Campeonato Paulista/Segunda Fase
Domingo, 9/maio (tarde)
Morumbi
Juiz: Paulo César de Oliveira (SP)
Renda: não disponível
Público: não disponível
PALMEIRAS: Sérgio; Arce, Roque Júnior, Cléber e Júnior; Rogério (Evair), Pedrinho, Tiago Silva (Rivarola); Jackson; Euller e Edmilson (Juliano)
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Gols: Marcelinho 5 e Arce (pênalti) 8 do 1º; Serginho (pênalti) 4, Serginho (pênalti) 13, Edu 34 e Serginho 42 do 2º
Expulsões: Roque Júnior, Jackson, Wilson e Carlos Miguel

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.