Especial Libertadores-99: Botafogo 1 x 1 Palmeiras, 4 x 2 nos pênaltis, em 11/06/1999

Especial Libertadores-99: Botafogo 1 x 1 Palmeiras, 4 x 2 nos pênaltis, em 11/06/1999

Não deu. O delírio de tríplice coroa no primeiro semestre de 1999 acabou na noite de sexta-feira, no Maracanã. Nos pênaltis, o Palmeiras foi eliminado na semifinal da Copa do Brasil. O Botafogo se classificou para a decisão do torneio contra o Juventude, “irmão de leite” palmeirense, também pela cogestão com a Parmalat.

No Rio, na antevéspera da decisão do SP-99 contra o Corinthians, e a cinco dias da finalíssima da Libertadores contra o Deportivo Cali, o time de Felipão fez mais do que o possível. Contra o organizado Botafogo de Gilson Nunes, o Palmeiras arrancou o mesmo 1 a 1 da ida, no Palestra.

O volante Reidner arriscou de longe e abriu o placar. O empate veio com Paulo Nunes, tocando na saída de Vagner, depois de belíssima enfiada de Zinho.

O placar final foi justo.

Nos pênaltis, o zagueiro Sandro isolou a primeira cobrança. Arce mandou o pênalti dele na trave direita. Rogério bateu o segundo palmeirense e Vagner defendeu, se adiantando bastante. Roque Júnior e Zinho bateram com categoria os pênaltis deles. Mas Sérgio Manoel cobrou o quarto da vitória carioca.

BOTAFOGO 1 x 1 PALMEIRAS
Copa do Brasil/Semifinal
sexta-feira, 11/junho (noite)
Maracanã
Juiz: Carlos Eugênio Simon (RS)
Renda: não disponível
Público: 37 689
PALMEIRAS: Marcos; Arce, Júnior Baiano, Roque Júnior e Júnior; Galeano, Rogério e Zinho; Alex (Euller); Paulo Nunes e Oséas (Edmílson)
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Gols: Reidner 22 e Paulo Nunes 34 do 1º
Nos pênaltis: Botafogo 4 (Fábio Augusto, Rodrigo, César Prates e Sérgio Manoel) x Palmeiras 2 (Zinho e Roque Júnior)

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.