Especial Libertadores-99: CBF inchava Copa do Brasil, em 22/01/1999

Especial Libertadores-99: CBF inchava Copa do Brasil, em 22/01/1999

A Federação Paulista de Futebol entrou na jogada e garantiu a permanência de Viola na Vila Belmiro. A Parmalat queria negociá-lo com o Corinthians. O presidente da FPF Eduardo José Farah emprestou dinheiro ao Santos e ele permaneceu no clube onde jogara muito bem em 1998.

Felipão preparava o time reserva para a estreia no Rio-São Paulo contra o Vasco. Depois do jogo-treino contra o Comercial de Ribeirão Preto (3 a 0), o treinador pretendia escalar Evair para atrair o torcedor ao Palestra.

A Copa do Brasil estava definitivamente inchada. Pela primeira vez havia clubes convidados. Eram 64 clubes na disputa. O Palmeiras era um dos oito paulistas na competição.

Na FOTO, Euller ajudando o Palmeiras a virar contra o Flamengo nas quartas da Copa do Brasil. Jogo que encaminhou a conquista da América um mês depois.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.