Especial Libertadores-99: Felipão ainda não tinha equipe ideal, em 10/02/1999

Especial Libertadores-99: Felipão ainda não tinha equipe ideal, em 10/02/1999

Da equipe considerada ideal por Felipão para a estreia duas semanas depois na Libertadores, contra o Corinthians, ainda faltava o companheiro de Júnior Baiano na defesa. Cléber, campeoníssimo pelo Palmeiras no BR-93, SP-94 e BR-94, SP-96, Copa do Brasil-98 e Mercosul-98, ainda estava longe da forma física necessária para reassumir a titularidade pelo lado esquerdo da zaga. Felipão tinha como opções Roque Júnior, Agnaldo e Galeano improvisado.

No mais, Velloso, de contrato renovado por apenas seis meses, voltava à meta. Arce (FOTO) e Júnior eram os laterais. César Sampaio voltara bem ao meio-campo. Rogério também renovara contrato e deveria ser o segundo volante pela direita. Zinho fazia o balanço pela esquerda. Alex e Jackson disputavam a posição de meia-atacante.

Na frente, Paulo Nunes seria o atacante de movimentação pelos lados. Oséas seguia como titular no comando de ataque. Mas o Matador Evair era opção sempre para a posição, além de poder atuar mais atrás.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.