Especial Libertadores-99: Palmeiras 0 x 3 Corinthians, em 13/06/1999

Especial Libertadores-99: Palmeiras 0 x 3 Corinthians, em 13/06/1999

Pela única vez na história de uma decisão paulista, uma equipe entrou em campo com um time quase inteiro reserva. Apenas Cléber era titular do Palmeiras de Felipão contra o Corinthians - que havia sido eliminado na Libertadores pelo Verdão. Cléber havia sido titular até se lesionar na semifinal da Libertadores, contra o River Plate. O único que vinha jogando na maratona de três torneios simultâneos era o zagueiro Roque Júnior. Escalado de volante na primeira partida decisiva do SP-99, na tarde de domingo no Morumbi, depois da eliminação na semifinal da Copa do Brasil para o Botafogo, no Rio. Jogo em que a delegação palmeirense deixou o Maracanã na madrugada de sábado. Véspera do Derby.

Não tinha como exigir mais nada daquele remendado Palmeiras. Ainda assim se segurou na primeira etapa graças a mais uma grande atuação do goleiro Sérgio. Ele (e a trave aos 4 da segunda etapa) seguraram tudo até Edilson bater cruzado depois de passe de calcanhar de Vampeta, aos 8 minutos.

Evair respondeu mandando bola no travessão, aos 11. O Palmeiras equilibrara depois do gol em jogo que ficou ainda mais nervoso aos 34, quando Galeano recebeu o segundo amarelo por retardar cobrança de falta.

O jogo ficou mais aberto. Quase Alex empatou de cabeça. Mas, aos 41, Rincón fez grande lance até ser derrubado por Roque Júnior. Evair foi expulso por reclamação. Marcelinho bateu o pênalti 4 minutos depois e ampliou.

Aos 50, Dinei fechou o placar em cruzamento de Ricardinho.

O Palmeiras teria que devolver o placar para ser campeão paulista.

No vestiário, Felipão reclamou das expulsões e de Marcelinho Carioca, que entrou duro em Paulo Assunção. “Não adianta falar em Deus na TV e dar porrada em campo”. O craque corintiano havia dito no gramado que Felipão mandava bater nele. Vampeta e Rincón também discutiram com o treinador durante o Derby.

Muitos jogadores acusavam o árbitro Oscar Roberto Godoi pela troca de palavrões durante o jogo. Evair pensava em processá-lo na Justiça Comum pelos xingamentos.

Publicamente, Felipão disse que a atuação do árbitro foi “maravilhosa”. Para ele, “melhor falar assim porque daí eu evito que a federação me multe de novo...”

O técnico foi multado pela FPF por ter avisado que iria escalar time reserva.

PALMEIRAS 0 X 3 CORINTHIANS
Campeonato Paulista/Final (1º jogo)
Data: domingo, 13/junho (tarde)
Morumbi
Juiz: Oscar Roberto Godói (SP)
Renda: não disponível
Público: não disponível
PALMEIRAS: Sérgio; Taddei, Cléber, Agnaldo (Paulo Assunção) e Rubens Júnior; Roque Júnior, Galeano e Pedrinho; Jackson (Alex); Edmilson (Paulo Nunes) e Evair.
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Gols: Edílson 8, Marcelinho (pênalti) 45 e Dinei 50 do 2º
Expulsões: Galeano e Evair

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.