Especial Libertadores-99: Santos 3 x 1 Palmeiras, em 27/01/1999

Especial Libertadores-99: Santos 3 x 1 Palmeiras, em 27/01/1999

Veja os gols de SANTOS 3 x 1 PALMEIRAS

Não foi tão ruim como havia previsto Felipão. Mas foi o esperado. O Santos praticamente completo venceu os reservas do Palmeiras por 3 a 1 (com os ex-palmeirenses Zetti e Jorginho Cantinflas, e os futuros Argel, Marcos Assunção e Rodrigão pelo Santos, dirigidos pelo eterno Emerson Leão).

Na inauguração da nova iluminação da Vila Belmiro, o Palmeiras mais uma vez não se viu. Mas era compreensível. Felipão encorpou a equipe com Galeano na zaga e Wagner na dele, na lateral. Fechou o meio com três volantes para liberar Jackson para armar para Juliano e Evair ainda fora de forma.

Jackson que havia sido o melhor contra o Vasco teve pouco espaço. E ficou mais difícil logo aos 10, quando Jorginho (treinador interino do Palmeiras dez anos depois) fez 1 a 0 depois de uma série de defesas de Marcos.

Aos 12, Neném (foto) bateu falta e Narciso (treinador interino do Palmeiras em 2012) marcou contra. O Verdão ainda equilibrou o primeiro tempo de baixo nível. Na segunda etapa, porém, no primeiro minuto o estreante Rodrigão desempatou em falha da zaga.

Aos 26, Paulo Assunção foi expulso com rigor excessivo do árbitro. Não teve mais jogo. Alessandro fechou a conta, aos 30, depois de belo lance de Eduardo Marques.

PALMEIRAS 1 X 3 SANTOS

Competição: Torneio Rio-São Paulo/Primeira Fase

Data: quarta-feira, 27/janeiro (noite)

Estádio: Vila Belmiro

Cidade: Santos (SP)

Juiz: Cláudio Vinícius Cerdeira (RJ)

Renda: não disponível

Público: 12 610

PALMEIRAS: Marcos; Neném, Júnior Tuchê, Galeano e Wágner; Pedrinho (Thiago Gentil), Paulo Assunção e Tiago Silva; Jackson; Juliano e Evair (Augusto)

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gols: Jorginho 10 e Neném 12 do 1º; Rodrigão 1 e Alessandro 30 do 2º

Expulsão: Paulo Assunção

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.