Especial Libertardores-99: Palmeiras tinha que se superar para vencer campeão de 1998, em 12/04/1999

Especial Libertardores-99: Palmeiras tinha que se superar para vencer campeão de 1998, em 12/04/1999

Eurico Miranda seguia apimentando o clássico de quarta-feira, pelas oitavas da Libertadores, no Palestra. Em 1998 ele havia dito que faria um seguro especial para os atletas dele pelas pancadas que dava o time de Felipão. Então, ele bravateava menos. Mas seguia cutucando.

“Não falo do Eurico e do Vasco. Só do Palmeiras”, disse Felipão. “Não importa o que o Eurico fala. Ele não joga. Precisamos nos preocupar com o Juninho (Pernambucano), Donizete, Guilherme...”, falou o capitão César Sampaio.

O Vasco era ligeiro favorito para a maioria da imprensa. E da própria torcida palmeirense. Alguns até queriam o jogo no Morumbi, pela chance de levar mais gente que os 32 mil lugares do Palestra.

Jornalistas como Juca Kfouri defendiam mais dinheiro para os clubes em jogos no Morumbi e no Maracanã (como nas finais do BR-97) que no Palestra e São Januário.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.