Especial Robertão-69: o milagre aconteceu, Palmeiras 2 x 0 Portuguesa.

Especial Robertão-69: o milagre aconteceu, Palmeiras 2 x 0 Portuguesa.

Parecia impossível a classificação palmeirense para o quadrangular final depois de quatro derrotas nos cinco jogos iniciais. Quando faltavam cinco partidas para a definição da primeira fase, o time de Rubens Minelli precisava vencer os cinco jogos. Venceu os quatro e assumiu a ponta. Bastava vencer a boa Portuguesa na última rodada para se classificar. E deu tudo muito certo. Além da encomenda.

Dias de felicidade. João Saldanha convocou Leão e Baldochi para amistosos da Seleção. Ambos seriam campeões mundiais em 1970 com Zagallo. Ademir da Guia também merecia. Mas foi preterido.

A imprensa também tinha a sua seleção baseada na primeira fase do Robertão: Ado (Corinthians, reserva de Félix em 1970); Zé Maria (Portuguesa, reserva de Carlos Alberto na Copa), Ditão, Luís Carlos (ambos corintianos) e Everaldo (Grêmio, titular no México); Clodoaldo (Santos) e Rivellino (Corinthians), titulares do tri; Rogério (Botafogo, se lesionou já no México antes da Copa), Dirceu Lopes (gênio do Cruzeiro cortado em abril, Pelé e Edu (reserva em 1970).

A Lusa era bom time dirigido por Aymoré Moreira, campeão mundial pelo Brasil em 1962, e do Robertão-67 pelo Palmeiras. Futuro craque como Leivinha estava na Lusa.

A partida foi menos difícil do que se imaginava. Ademir da Guia facilitou o trabalho em atuação tranquila. César em grande fase fez 1 a 0 aos 39. Jaime, sempre muito eficiente, também fez de falta, aos 24, batendo com a violência costumeira.

Com a vitória e a classificação em primeiro lugar na chave, seguido pelo Botafogo, o Palmeiras era o único clube a disputar os três quadrangulares finais da história do Robertão. Façanha que repetiria em 1970.

Ainda maior o mérito pela arrancada durante o campeonato que não tinha time pequeno para aliviar. Minelli e o diretor Giménez López tiveram muitos méritos na campanha. Depois da derrota que parecia definitiva para o Fluminense no Rio, o técnico deu treino e coletivo todo dia. Melhor preparado fisicamente por Santo Baldaccin, o time enfrentou.

PALMEIRAS 2 X 0 PORTUGUESA
Competição: Torneio Nacional/Roberto Gomes Pedrosa - 1ª fase
Data: terça-feira, 25/novembro (noite)
Estádio: Parque Antártica
Cidade: São Paulo (SP)
Juiz: Gualter Portela Filho (RJ)
Renda: NCr$ 80 380
Público: 13 686
PALMEIRAS: Leão; Eurico, Baldochi, Nelson e Zeca; Dudu, Jaime e Ademir da Guia (Cabralzinho); Edu, César e Pio (Copeu)
Técnico: Rubens Minelli
Gols: César 39 do 1º; Jaime 24 do 2º

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.