Com Prass, Felipão deve escalar Palmeiras do mata-mata diante do Atlético-PR

Com Prass, Felipão deve escalar Palmeiras do mata-mata diante do Atlético-PR

O Palmeiras entra em campo nessa quarta-feira para enfrentar o Atlético-PR, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro, para defender a invencibilidade na competição na Era Felipão. Desde que sua comissão técnica assumiu a equipe, quatro vitórias e dois empates foram conquistados utilizando uma equipe considerada alternativa, com exceção do confronto com o Botafogo, quando Felipão colocou em campo o time que disputa as competições de mata-mata.

Nessa quarta-feira, de novo uma equipe próxima do time de mata-mata entrará em campo, já que os atletas da equipe alternativa sofreram muito com a difícil e desgastante volta para São Paulo depois da vitória em Chapecó.

A equipe que treinou na Academia de Futebol foi a seguinte: Marcos Rocha, Antônio Carlos, Dracena e Victor Luís; Thiago Santos, Felipe Melo e Moisés; Willian, Dudu e Borja. Weverton será poupado por desgaste, abrindo espaço para Fernando Prass voltar ao time, já que o experiente ídolo apareceu no gol formando os 11 titulares.

"Estamos encarando com muita naturalidade isso que está acontecendo com o Palmeiras e com o Felipão. Ele está analisando caso a caso e não está com medo de colocar qualquer jogador pra jogar. Quem está entrando, está dando conta do recado. São jogadores que poderiam ser titulares aqui e em qualquer outra equipe. O Felipão só está dando oportunidade pra eles. Isso aumenta a competitividade entre nós, jogadores", concluiu o zagueiro Edu Dracena.

Na disputa pelo título do Brasileirão, o Palmeiras ocupa a quinta colocação, seis pontos atrás do líder São Paulo. O vice-líder, Internacional, tem apenas três pontos a mais do que os comandados de Felipão. Tanto o Tricolor quanto o Colorado disputam apenas o Brasileirão, enquanto o Palmeiras segue lutando também pela Copa do Brasil e pela Libertadores.

"Vejo que, tanto Inter quanto São Paulo estão disputando só o Brasileirão. Dá tempo de treinar, mas também não sei se isso é bom ou ruim. Muito tempo para treinar, ás vezes, faz com que as coisas não aconteçam como você gostaria. E quando está jogando muito, falta tempo pra treinar", disse Edu Dracena, que ainda completou: "nós temos que nos apegar ao momento que estamos vivendo hoje. Está muito bom. Palmeiras passou muito bem pelo mês de agosto. Quem sabe a gente não passa pelo mês de setembro da mesma forma?", concluiu o camisa 3.

Palmeiras e Atlético-PR se enfrentam amanhã (5) no Allianz Parque às 21h, no segundo desafio da equipe nesse mês de setembro. Com a escalação dos prováveis titulares para o confronto desta quarta-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari deve mandar à campo uma equipe mista para o Dérbi diante do Corinthians no próximo domingo (9), também no Allianz Parque.

*Apuração de Rodrigo Fragoso

  • Rodrigo Fragoso

    Rodrigo Fragoso

    Formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e especializado em gestão, direito e marketing esportivo pela FIFA/CIES/FGV.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!