Felipão fica, e com um time melhor para 2019

Felipão fica, e com um time melhor para 2019

Felipão fica. Ainda não é hora de assumir uma Seleção pra Copa. E coisa
pra 2021. Ele ama a Shakira, mas prefere a dona Olga pertinho, um dos filhos cuidando dos negócios em Canoas, o outro em Portugal com os dois netinhos dele.

Mas Felipão quer de Natal do Papai Noel Crefisa um atacante rápido pelo lado pra suprir a ausência de Willian no primeiro semestre. Keno é o nome. Mas é difícil. Ele tem outros na listinha.

Ricardo Goulart pode vir. Pra jogar atrás do Borja no primeiro tempo, do Deyverson ou do Arthur Cabral na segunda etapa. Também pode vir para jogar pela esquerda cortando pra dentro, com Dudu aberto pela direita (se a China o deixar em casa. Ele e o Bruno Henrique). Lucas Lima deve começar 2019 mais titular do que Moisés. Scarpa também será mais usado.

No meio, além do capitão, Felipe Melo é titular. Mas Thiago Santos é o pé pra toda obra do treinador. Eles ficam na frente da zaga titular que hoje é Luan e Gómez. Nas laterais, depende do jogo. E do adversário.

Na meta, tudo será reaberto. O rodízio pode ser maior. Como ele pretende seguir rodando o elenco como deu muito certo em 2018. Mas para ir além onde não foi possível. E Felipão sabia que dava. Mesmo que, no BR-18, ele só tenha acreditado mesmo depois do empate contra o Galo, no Independência.

Até então ele tinha dúvidas. Acreditava no elenco, sabia que era ótimo, mas ainda assim era melhor do que imaginava. E deu resultados além do esperado. E esperneado pelos não poucos rivais.

Felipão fica. E o Palmeiras terá pra começar em 2019 o que desde 2016 não tinha. O mesmo treinador. Mas com melhore perspectivas.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.