Gols de Alex e Robinho em cima de Ceni fazem a final do gol mais bonito do século palmeirense

Gols de Alex e Robinho em cima de Ceni fazem a final do gol mais bonito do século palmeirense

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Foram 16 pinturas e quinze duelos para chegarmos até a grande final do concurso do gol mais bonito desse século no Palmeiras. Tivemos belos gols desde 2002 até a temporada passada. Da chapelaria de Alex no Morumbi em 2002, até a sapatada de Scarpa para calar a Arena do Grêmio pela Libertadores de 2019.

A grande final tem três grandes coincidências. Dois gols contra o São Paulo. Dois gols diante do ex-goleiro Rogério Ceni.

O primeiro a garantir a vaga na decisão foi a pintura de Alex, que ganhou até placa após o ex-meia alviverde chapelar o zagueiro, depois o goleiro e afundar as redes tricolores no Rio São Paulo de 2002.

Em outubro de 2019, recebemos Alex para a gravação do Nosso Papo, e o craque que fez história no Palmeiras falou sobre o lance e todos os bastidores daquele jogo.

Relembre a partir do minuto 29:00:

Já o segundo finalista é o meia Robinho, que atualmente defende o Cruzeiro e fez um dos gols mais bonitos da história do Allianz Parque. O jogo era válido pela primeira fase do Paulistão de 2015, e após uma saída errada de Rogério Ceni, Robinho matou no peito e acertou um chute inacreditável de quase do meio campo, encobrindo o goleiro são-paulino e fazendo o Allianz explodir!

Quem será que fica com o prêmio de gol mais bonito do Século, hein?

A votação acontece nessa sexta-feira, 8, a partir das 9h, no Instagram do Nosso Palestra.

Façam suas apostas!

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!