Ídolos, Ademir e Evair apontam o caminho do Palmeiras para 2018

Ídolos, Ademir e Evair apontam o caminho do Palmeiras para 2018

“O Palmeiras aprendeu que investimento não é só gastar dinheiro”. Para o "Matador” Evair essa é a principal lição que fica para o Verdão na atual temporada.

De acordo com o goleador (126 gols com a camisa do Palestra), a diretoria precisa ser assertiva no ano que vem. “Sabemos que não está fácil encontrar um bom meia ou um atacante de qualidade. Os principais estão na Europa ou na Ásia, mas é preciso ser criativo e estudar bem o mercado”, sugere.

O caminho mostrado por Evair passa, justamente, por um dos principais problemas que o clube enfrentou no ano: formar um grupo tão bom e produtivo quanto o do ano passado.

“O Palmeiras vislumbrou que substituir algumas peças seria o suficiente. Mas não tem como substituir um Gabriel Jesus. O Borja não aproveitou as oportunidades que teve. O Guerra, apesar de bons jogos, ainda ficou abaixo. O Felipe Melo chegou para ser um grande capitão, mas se perdeu no discurso. E a lesão do Moisés também atrapalhou”, acredita o camisa 9 do título de 93 (e de tantos outros).

Já o Divino Ademir sugere atenção ao início da próxima temporada: “precisamos de uma equipe titular já no Campeonato Paulista. Isso pode ser fundamental para toda a temporada. Dá tranquilidade pro técnico, a torcida aprende a gostar logo do time. Adquiri confiança”.

Para Ademir da Guia o grande problema do Palmeiras em 2017 foi que, nos momentos mais complicados, quando o resultado poderia minimizar os problemas, a vitória não aconteceu.

“Alguns jogadores chegaram, mas não conseguiram cumprir taticamente o que o treinador desejava. A troca de técnico também influenciou porque o Cuca não conseguiu achar uma equipe titular. E, claro, os problemas fora de campo também prejudicaram o conjunto”, opina Ademir.

Esse ano o Palmeiras foi vidraça. Pelo desempenho no ano anterior, o título brasileiro e os investimentos, entrou como favorito em todas as competições. No ano que vem, mesmo sem título em 2017... continuará sendo!

Por Frank Fortes

  • Frank Fortes

    Frank Fortes

    Formado em Jornalismo pela Metodista, iniciou a carreira na Rádio ABC, passou pelo Terra e Rádio Bandeirantes, como produtor, repórter, editor, comentarista e apresentador em Esporte e Geral