Hyoran é o principal garçom do Campeonato Brasileiro (Foto: Marcelo Brandão/Click Parmera)

Contratado em dezembro de 2016 junto à Chapecoense, Hyoran começa a se transformar no porquinho das carnes de ouro do técnico Róger Machado. Dono de bons passes e de um futebol objetivo, o jogador de 25 anos tem feito ótimas apresentações e tornado-se um dos grandes nomes do Palmeiras na temporada. Prova disso são os números que o meia-atacante vem conquistando desde que passou a ser utilizado regularmente.

Presente em sete dos 11 jogos da equipe no Campeonato Brasileiro, Hyoran, com quatro assistências, é o principal garçom da competição. Apesar de dividir a liderança com Ricardo Oliveira e Gustavo Blanco, ambos do Atlético/MG, o palmeirense leva vantagem pois tem média de 0,6 passes para gol por jogo contra 0,4 dos concorrentes.

As assistências do camisa 28 também têm sido fundamentais para fazer do Palmeiras o segundo melhor time deste fundamento no campeonato. Com 14 assistências, o Alviverde só está atrás do Galo, que tem 18.

A eficiência de Hyoran, aliás, está sendo positiva para os atacantes do Palmeiras. Nesta edição do Brasileirão, a média de gols da equipe é de 1,55 por jogo. Com ele em campo, esse número sobe para 2,14 gols por partida. Isso representa um aumento de 38,66%.

Com melhor desempenho do setor ofensivo, quem também tem comemorado é o técnico Róger Machado, que viu o seu aproveitamento no comando da equipe subir. A média de pontos conquistados pelo Palmeiras neste Brasileiro é de 54%. Sem Hyoran, ela cai para 41%. Já com o atleta correndo entre os zagueiros adversários esse número salta para 61%.

E Hyoran não faz melhorar apenas os números do time do meio de campo para frente. Ao fim da 11ª rodada, o Palmeiras é a equipe com mais interceptações de bola deste Brasileirão. Ao todo, são 41 interceptações e média de 3,7 por jogo. Com Hyoran em campo, esse número sobe para 4,29 por partida. Ou seja, uma melhora de 14,98%.

E isso é motivo de alegria para Marcos Rocha. Atuando nas costas de Hyoran, o lateral-direito tem aproveitado muito bem o desespero dos defensores rivais diante do meia e tornou-se líder do ranking individual neste fundamento, com 7 interceptações.

Hyoran ou Keno?

É importante ressaltar que Hyoran tem sido escalado como titular no lugar do lesionado Keno, se revezando pelos dois lados do campo com Dudu.

Após a Copa do Mundo, o dono da posição estará recuperado de lesão e, caso não seja negociado com o Al-Nassr, da Arábia Saudita, estará pronto para voltar ao time.

A partir de então, o treinador, provavelmente, terá que escolher entre um ou outro. Os números de Hyoran mostram que ele não cabe mais entre os reservas.

Por isso, dá para dizer que o técnico Róger Machado terá uma dor de cabeça – boa – na hora de decidir. A conferir.

Deixe um Comentário

Artigo anteriorEmpresário de Dudu nega sondagem de time árabe e rebate agente
Próximo artigoNão ajudamos Mococa
Bruno Maciel
Jornalista, de 34 anos, formado pela Universidade Católica de Santos (UniSantos), em 2010. Trabalha no Jornal A Tribuna de Santos e é responsável pelo blog Olê Palmeiras. A paixão pelo futebol está totalmente ligada a Nilton Geraldo Maciel, seu amado e saudoso pai. Os maiores ídolos que viu com a camisa alviverde são Marcos, Edmundo, Alex e Djalminha.