Luiz Adriano vira garçom e ganha comparação com Evair em vitória do Palmeiras

Luiz Adriano vira garçom e ganha comparação com Evair em vitória do Palmeiras

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras

Luiz Adriano foi um dos grandes personagens da vitória do Palmeiras sobre a Ponte Preta. O camisa 10 do Verdão atuou como um falso 9 e chegando mais de trás conectou diversos bons passes para os seus companheiros de ataque, até achar Willian para o artilheiro do Paulistão garantir a vitória do Palmeiras.

O principal centroavante do Verdão foi criticado por parte da torcida após uma tímida atuação diante do Red Bull Bragantino, e por ainda não ter nenhum gol nos cinco primeiros jogos do ano. Ele também passou em branco na Florida Cup.

Porém a atuação no primeiro tempo em Campinas foi para fazer a torcida esquecer a rodada passada. Tanto que ganhou elogios do chefe e até uma comparação com Evair, um dos maiores ídolos da história do clube.

'Não é uma dupla (com o Willian). É uma trinca né. Se vocês pegarem lá atrás, em 93 eu tinha o Edmundo pela direita, o Edílson pela esquerda e o Evair saia mais pra trás, pra abrir mais espaço e achar os meias e os pontas. Ele faz isso muito bem. Ele tem essa qualidade de pivô. Tem dias que eu aviso pra ele não voltar muito, pra ficar mais no ataque. É um jogador que a gente gosta, eu gosto como ele protege a bola. Me agrada muito o estilo dele' disse o técnico alviverde na coletiva.

Luiz Adriano também recebeu elogios de seu companheiro de ataque e autor do gol da noite em Campinas.

'Um jogador de muita qualidade, visão de jogo, briga e protege bem a bola. Ele sabe dominar e achar um companheiro. Quando ele dominou, me posicionei bem. Vou dividir o bicho com ele. Esse companheirismo, sem vaidade dentro do elenco, isso que importa', disse Willian.

Luiz Adriano iniciou sua história no Palmeiras marcando gols e animando muito a torcida, porém sofreu com as lesões ao final da temporada passada e agora busca balançar as redes pela primeira vez neste ano. A próxima oportunidade será no domingo, 16, diante do Mirassol, no Allianz Parque.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!