Raio-X: Mano completa 10 jogos no Palmeiras com 76% de aproveitamento; veja quem mais jogou

Raio-X: Mano completa 10 jogos no Palmeiras com 76% de aproveitamento; veja quem mais jogou

Fotos: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Mano Menezes completou na última quarta-feira, 16, diante da Chapecoense no Allianz Parque, dez jogos no comando do Palmeiras. O técnico que chegou com rejeição por parte da torcida, até conseguiu levantar o ânimo do elenco em seus primeiros cinco jogos, mas ultimamente a equipe voltou a demonstrar os mesmos vícios e problemas que fizeram Felipão ser demitido.

Fizemos um raio-x do trabalho do novo comandante alviverde para trazer os números de quem jogou mais com ele, quem nem sequer apareceu e quem deve receber mais chances nesses últimos dois meses do ano.

No gol, Weverton foi o mais utilizado. Mesmo servindo a seleção brasileira duas vezes durante o início do trabalho de Mano, o goleiro defendeu o Verdão em seis oportunidades das dez partidas de Menezes. Nas outras quatro, Prass e Jaílson se revezeram atuando duas vezes cada.

48906049062_7fb914c5b6_c

Nas laterais, o treinador demonstra ter definido bem seus titulares, chegando até a ser questionado pela preferência por Diogo Barbosa, o atleta que ao lado de Bruno Henrique jogou todos os 10 jogos com Mano. Seu reserva Victor Luís não jogou nenhuma partida com Mano e expulso na última quarta mesmo do banco de reservas, só deve reaparecer no banco na próxima semana.

Na direita, Marcos Rocha só não atuou contra o CSA pois estava suspenso, de resto, foi o titular nas outras 9 partidas. Em seu lugar contra os alagoanos, Jean jogou seu único jogo com Mano.

Mayke está voltando de lesão e deve ficar à disposição de Mano Menezes pela primeira vez já neste domingo, diante do Atlhetico-PR.

Na zaga quem mais atuou foi Vitor Hugo, com 9 participações como titular. Seguido de Gómez com 6 e Luan com 5. Antônio Carlos e Edu Dracena não jogaram nenhum minuto com o novo comandante, fato que fez o experiente e multicampeão Dracena se mostrar insatisfeito de não estar jogando.

48855016312_d2b656731d_c

Na volância, o capitão Bruno Henrique jogou todas as 10 partidas. Seguido de Melo que atuou em oito oportunidades. Thiago Santos atuou duas vezes, sendo importantíssimo na vitória contra o Botafogo.

Ramires só jogou na estreia de Mano, diante do Goiás, enquanto Matheus Fernandes só recebeu oportunidades no duelo contra o CSA e contra o Botafogo.

Dos meias, Gustavo Scarpa é o que mais teve chances de demonstrar seu futebol com Mano. O camisa 14 jogou todas as 10 partidas com Mano e somente diante do Atlético-MG começou no banco.

Lucas Lima foi o outro meia com mais jogos, sete participações ao todo, seguido por Zé Rafael com seis. Enquanto Hyoran só entrou um jogo como titular, e Veiga só participou de três jogos, todos entrando no segundo tempo.

48817145083_0a1491de61_c

No ataque, o preferido é Dudu. O camisa 7 só não jogou diante do Fortaleza e lidera o ranking com o novo professor. Luiz Adriano também era outro insubstituível, porém machucou contra o Santos e não atuou nas últimas duas partidas. O camisa 10 havia feito 6 jogos com Mano e só ficou de fora contra o Galo por precaução.

Willian é outro que só ficou de fora da partida diante do Botafogo, suspenso. De resto, o bigode atuou 9 vezes, seis como titular e três vindo do banco de reservas.

Completam a lista, Borja com cinco apresentações, Deyverson com 4 e Henrique Dourado e Carlos Eduardo com duas cada.

Fato é que Mano Menezes que chegou com uma rejeição absurda por parte da torcida, e até teve um início de trabalho promissor, terá que fazer o time jogar mais até o final do ano, se não a pressão pela sua saída também ecoará pelas alamedas da Pompéia.

48801240743_804c5a8505_c-1

Com uma competição apenas no calendário, fica mais difícil pro técnico rodar o elenco e dar oportunidades para o extenso elenco alviverde, que no ano passado conquistou o Deca jogando a maioria daz vezes com uma equipe mista/reserva.

O Palmeiras enfrenta o Atlhetico-PR neste domingo, 20, na Arena da Baixada, e a provável escalação alviverde é: Weverton, Marcos Rocha, Gómez, Luan (Vitor Hugo) e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Lucas Lima); Dudu, Willian e Henrique Dourado (Borja).

Confira os números de Mano Menezes em seus 10 primeiros jogos no comando do Palmeiras:

10 jogos
7 vitórias
2 empates
1 derrota
76,6% de aproveitamento
17 gols pró
7 gols contra

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!