Mano fala em momento especial no Maior campeão do Brasil e garante que Palmeiras vai brigar pelo Brasileiro

Mano fala em momento especial no Maior campeão do Brasil e garante que Palmeiras vai brigar pelo Brasileiro

Começou a era Mano Menezes no Palmeiras! O novo comandante do Palmeiras foi apresentado nesta quinta-feira, 5, na Academia de Futebol e deu uma bela entrevista de início de trabalho naquele que segundo ele é o maior campeão do Brasil.

Segurando a camisa 9 nas mãos, Mano afirmou que o Palmeiras jogará um futebol mais legal e que o elenco tem boas peças para brigar pelo título brasileiro, título que o técnico multicampeão ainda não tem na carreira.

"O Palmeiras tem condição de lutar pelo título brasileiro. Podemos e vamos nos dedicar na sua totalidade pelo título. As próximas rodadas serão determinantes pra isso.", afirmou o técnico que já comandará a equipe no sábado contra o Goiás, no Serra Dourada.

O técnico não quis se comparar com Felipão e disse que irá se entregar de corpo e alma pelo cargo.

"Embora seja sempre traumática as trocas de comando, elas se dão em um momento onde as coisas não estão indo bem. Isso não quer dizer que a gente deixou de entender de futebol. Existem ciclos. Vou me entregar de corpo e alma. Não existe meio termo na nossa profissão".

Mano Menezes demonstrou saber muito sobre a história do Palmeiras e chegou até a falar sobre as duas Academias, que nas décadas de 60 e 70 tinham características diferentes.

Sobre o estilo de jogo do Palmeiras, Mano afirmou que o Verdão jogará mais bonito. Será mais camisa 9 do que camisa 5.

O novo comandante alviverde disse que pensava em não trabalhar até o final deste ano, porém abriu uma exceção para uma ocasião especial.

"Quando sai do Cruzeiro minha ideia era ficar parado até o final do ano. Mas existem situações especiais. E essa com o Palmeiras é especial. Já tínhamos conversado há 2 anos atrás. Já existia uma convicção entre nós. Entendi que o momento era esse!"

Para finalizar a coletiva, Mano Menezes disse que o tratamento com a imprensa será muito diferente do que nos acostumamos com Felipão.

"A relação entre técnico e imprensa passa por momentos. E isso claramente tem a ver com o rendimento em campo. Eu não tenho hábito de criar inimigos. Não quero prejudicar ninguém. Em certos trabalhos táticos vai ser fechado. Mas vocês são a fonte do torcedor aqui dentro", finalizou.

O Palmeiras realiza a sua primeira atividade no comando de Mano Menezes nesta quinta a partir das 15h30 na Academia de Futebol, a imprensa terá acesso apenas aos primeiros 15 minutos da atividade.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!