Histórico de pontuação do G4 mostra que Palmeiras precisa de mais dez para ir direto à fase de grupos da Libertadores

Histórico de pontuação do G4 mostra que Palmeiras precisa de mais dez para ir direto à fase de grupos da Libertadores

(Foto:Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação)

Com o sonho do hendeca cada vez mais distante em 2019, o Palmeiras foca suas atenções em um objetivo que parece iminente no Campeonato Brasileiro: garantir uma vaga entre os quatro primeiros colocados do nacional e confirmar presença na fase de grupos da Libertadores 2020.

Considerando a média dos últimos dez anos do Brasileirão, com 20 clubes, essa meta está muito próxima de ser alcançada. O Verdão precisa de dez, dos 33 pontos ainda em disputa, para participar pela quinta vez consecutiva do torneio mais importante das Américas.

São 54 pontos em 27 jogos até aqui, dez a menos que o líder Flamengo, mesma diferença de vantagem sobre rival Corinthians, atual quinto colocado do campeonato. Considerando a média de 63,4 pontos das edições de 2009 à 2018, restariam aos comandados de Mano Menezes mais três vitórias e um empate para assegurar a vaga grupo dos quatro primeiros.

Com mais de 94% de chances de G4, segundo levantamento do matemático Tristão Garcia, o Palmeiras fará mais seis jogos como mandante até o final da competição, incluindo os confrontos contra o São Paulo, Corinthians e Grêmio, equipes que também brigam para conquistar uma vaga direta na Libertadores.

Vale lembrar que ainda há a possibilidade do G4 virar G6, caso Flamengo ou Grêmio conquistem a Copa Libertadores desse ano e terminem o BR-2019 entre os quatro primeiros, juntamente com o Athletico-PR, atual campeão da Copa do Brasil e com vaga já assegurada na competição sul-americana.

Confira abaixo a pontuação dos últimos dez anos das equipes que terminaram em quarto lugar no Brasileirão:

Cruzeiro – 62 pontos (2009)
Grêmio- 63 pontos (2010)
Flamengo- 61 pontos (2011)
São Paulo- 66 pontos (2012)
Botafogo- 61 pontos (2013)
Corinthians- 69 pontos (2014)
São Paulo- 62 pontos (2015)
Atlético MG- 62 pontos (2016)
Grêmio- 62 pontos (2017)
Grêmio- 66 pontos (2018)