No saldo da balança comercial, elenco mais forte para 2018

No saldo da balança comercial, elenco mais forte para 2018

“Conta” rápida, sem firulas: o Palmeiras gastou muito menos do que em 2017. E, no papel, está mais forte do que esteve há um ano (também pela manutenção da base, reforçada pelos que chegam, e pela vinda de ótimo treinador como Roger Machado).

GOLEIRO: saíram Vinicius Silvestre (Ponte Preta) e Vagner (que já não atuara em 2017). Chegou Weverton (melhor e mais experiente do que eles). Balanço positivo.

LATERAL-DIREITA: Chegou Marcos Rocha (que já jogou melhor, mas é muito bom). Deve sair Fabiano. Balanço positivo.

LATERAL-ESQUERDA: Chegou Diogo Barbosa (dos melhores no Brasil) e voltou Victor Luís (melhor do que saiu). Aposentou-se Zé Roberto (irreparável em variados sentidos, mas substituível pela idade) e saiu Egídio (perseguido pela torcida, e não sem razão). Balanço positivo.

ZAGA: Chegou Emerson Santos (que atua nos dois lados e pode jogar na lateral-direita). O promissor Pedrão está subindo do Sub-20. Balanço positivo.

VOLANTES: Saiu Arouca (que pouco jogou em 2017, e era reserva em 2016). Pode subir o bom Matheus Néris do Sub-20. Taticamente, Moisés deve jogar mais atrás. Ganha o setor. Balanço positivo.

ARMAÇÃO: Chegou Lucas Lima (que pode reencontrar o futebol que não foi o mesmo nos últimos meses). Podem ter mais chances os garotos mais do que promissores Aldo e Alanzinho. Saiu Raphael Veiga (poderia ter ficado, mas pode ser produtiva a experiência de atuar mais vezes pelo Atlético Paranaense). Balanço positivo.

ATAQUE E ARMAÇÃO PELOS LADOS: Voltaram Allione (bom armador pelo lado que pode ser muito útil) e Artur (promissor ponta que foi muito bem no Londrina), deve subir o ousado Fernando. Saíram Róger Guedes (muito bom atacante sem clima no clube) e Erik (revelação de 2014 que só fez duas boas partidas em 2016). Balanço positivo.

COMANDO DE ATAQUE: Espera-se que Borja seja o de 2016, Willian o de 2017, e Deyverson seja o artilheiro que fez gols no Barcelona e Real Madrid. Viés de alta.

COMISSÃO TÉCNICA: Era competente. Mas essa é mais experiente e com maior potencial de crescimento. Balanço positivo.

Somando os erros assumidos e aprendidos, e os adquiridos com o que deu errado em 2017, o Palmeiras vem melhor e mais encorpado e reforçado para 2018.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.