Números e mais recordes comprovam força defensiva do Palmeiras

Números e mais recordes comprovam força defensiva do Palmeiras

(Foto: César Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação)

O Palmeiras venceu o Internacional por 1 a 0, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil, em partida realizada na noite desta quarta-feira, 11, no Allianz Parque.

Pelo 11° jogo consecutivo, o Verdão saiu de sua arena sem ser vazado. Com apenas 9 gols sofridos em 2019 (contando apenas jogos oficiais), o time de Scolari é disparado a melhor defesa do Brasil.

De acordo com o site Footstats, dos últimos 100 cruzamentos feitos pelos adversários na área do Palmeiras, apenas 16 deram certo.

Já nas finalizações, de 100 tentativas dos oponentes, apenas 34 levaram perigo a meta de Weverton.

Números que comprovam como o setor vem sendo o grande destaque do time nesta temporada.

Ontem, diante do Inter de Paolo Guerrero, o Verdão dominou as ações do jogo, sofreu pouquíssimo atrás, e só não levou uma vantagem maior para Porto Alegre pelos erros ofensivos na hora do último passe e das finalizações.

Com mais um jogo zerados, Gustavo Gómez e Luan alcançaram 1.080 minutos de invencibilidade atuando juntos (sem contar os acréscimos).

O último gol sofrido pela dupla foi o de Danilo Avelar, no início de Fevereiro, ainda pela quarta rodada do Paulistão.

Tal marca fez a dupla entrar para a história do Palmeiras. Eles ultrapassaram Vágner Bacharel e Márcio, e agora formam a dupla de zaga que ficou mais tempo sem sofrer gols na história da SEP.

Agora Scolari conta com a força de sua defesa para confirmar a vaga para as semifinais da Copa do Brasil. Para isso, basta o Palmeiras não ser vazado no Beira-Rio.

Para o Choque-Rei neste sábado, 13, no Morumbi, Felipão pode poupar Luan e Gómez e dar uma nova oportunidade para Antônio Carlos e Edu Dracena.

O técnico já fez o rodízio das duplas de zaga na temporada passada e obteve bastante êxito na sua estratégia.

Relembre os 12 jogos em que Luan e Gómez não foram vazados:

Palmeiras 1 x 0 Internacional (Copa do Brasil)

Botafogo 0 x 1 Palmeiras (Brasileirão)

Palmeiras 4 x 0 Santos (Brasileirão)

Atlético-MG 0 x 2 Palmeiras (Brasileirão)

Palmeiras 1 x 0 San Lorenzo (Libertadores)

Palmeiras 1 x 0 Internacional (Brasileirão)

Palmeiras 4 x 0 Fortaleza (Brasileirão)

Melgar 0 x 4 Palmeiras (Libertadores)

Palmeiras 3 x 0 Junior (Libertadores)

Palmeiras 0 x 0 São Paulo (Paulista)

Palmeiras 0 x 0 Santos (Paulista)

Ferroviária 0 x 0 Palmeiras (Paulista)

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!