"Nunca criticado", Carlos Eduardo fez a diferença no Choque-Rei

"Nunca criticado", Carlos Eduardo fez a diferença no Choque-Rei

Foto: Reprodução Esporte Interativo/Blog do Fragoso

O Choque-Rei foi uma partida de dois tempos bem distintos. No primeiro deles, embora o Palmeiras tivesse posse de bola superior ao São Paulo, não soube usá-la e acabou sofrendo mais do que oferecendo perigo. O Tricolor incomodou pelo alto, nas bolas paradas e também nos contra-ataques, porém sem construir pelo meio. O time de Felipão basicamente não conseguiu atacar.

No segundo tempo, as mudanças de postura da marcação e de Carlos Eduardo por Borja fizeram a diferença para que os papeis se invertessem e o Palmeiras passasse a criar e controlar melhor o São Paulo. Contando com um camisa 37 inspirado como nunca, já que as primeiras atuações de Carlos Eduardo foram terríveis no ano, o time de Felipão conquistou a vitória no Pacaembu. Para visualizar e entender passo a passo o que expliquei nesse breve texto, assista a análise que produzi com lances da partida.

  • Rodrigo Fragoso

    Rodrigo Fragoso

    Formado em Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero e especializado em gestão, direito e marketing esportivo pela FIFA/CIES/FGV.