Obsessão é o Palmeiras

Obsessão é o Palmeiras

Hoje eu não vou dormir direito porque amanhã tem Libertadores e... chega! Hoje eu vou dormir direitinho. Porque eu vou poder sonhar com coisas boas.

Como se há 105 anos criassem o
motivo de você estar me acompanhando há 29 anos. Sonhar com a loucura que seria há 99 anos comprar o Parque Antarctica pouco antes de vencer a elite do Jardim América pela primeira vez. Imagine que sonho seria ganhar por 8 a 0 do maior rival?
Só em pesadelo a gente seria obrigado a mudar de nome por causa de uma guerra. Mas não tem nada, não. Imagine que sonho seria a gente ganhar de um clube europeu um torneio com a bandeira do Brasil no peito? Ou ainda ser a Seleção em Minas! A Academia de bola. Duas academias! O maior campeão nacional! O atual campeão brasileiro! E com os reservas!

Melhor sonhar do que abrir os olhos. A realidade não seria tão boa. Ela é cruel. Difícil. Dificílima como vencer o campeão da Libertadores de 1998 na casa dele no ano seguinte. Duro como ser bombardeado em dois jogos contra o campeão brasileiro de 1998 e canonizar nosso goleiro reserva. Duríssimo como reverter duas derrotas fora nas finais.
Melhor sonhar. Imagine se o comandante de 1999 voltasse para nos guiar 20 anos depois na reconquista da América? Mesmo mais turrão ainda, mais bravo e mais chato, quem sabe daria certo... Vou dormir. Boa noite a todos. Tenham ótimos sonhos.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.