Pais heróis

Todo pai é um herói: astronauta. Ademir da Guia. Bombeiro. Evair. Superman. São Marcos.
A Isabela conta que o Rodrigo que ela ama é filho único do casamento da Valéria com o Geraldo. Aos 7 anos, os pais se separaram. Mas o amor pelo Palmeiras manteve pai e filho ainda mais unidos.
Por 20 anos foi assim. Eles se viam pelo Palmeiras. No estádio e pela TV. Morando em casas separadas, só tinham um CEP em comum: SEP. O endereço do nosso lar que nada separa. Onde mais nos entendemos e desentendemos como gente.
Geraldo partiu no começo do ano. Isabela logo levou o amor para ver a paixão de pai e filho. “O Rodrigo caiu no choro quando chegou ao Allianz pela primeira vez sem o pai. Era o programa deles. A separação dos pais jamais os separou do Palmeiras”. Geraldo era o herói de Rodrigo. E pra qualquer menino de qualquer idade. Era bombeiro. “Desde que ele era pequenininho, o pai salvava e ajudava as pessoas. Era um espelho do que ele queria ser quando crescesse, mesmo com os plantões de 24h dos bombeiros que os impediam de se ver como gostariam”. O Palmeiras que não se apaga os uniu. No primeiro Dia dos Pais sem Geraldo, Isabela levou Rodrigo ao Allianz como presente para os dois. Viram o Dudu jogar muito, o Vítor Hugo voltar como Geraldo e Rodrigo sem ter saído do lar, o Luiz Adriano estrear como se fosse de casa, o Luan jogar muito e cometer um pênalti discutível.
Tem quem viu na hora, tem quem só viu pelo VAR, tem quem já viu não se marcar nada, tem quem se pergunta onde já se viu marcar esse pênalti.
Tem de tudo. E é mesmo para ter de tudo. É para discutir. É pra achar isso, ter certeza daquilo, ficar bravo, aceitar.
São nesses momentos que a gente tem que lembrar como é ótimo discutir. Porque sempre tem gente do outro lado. Triste é não ter com quem falar. Doído é ter que olhar para cima para abraçar num gol quem estava sempre ao nosso lado nessa hora.
Rodrigo, sabe o porquê de ter demorado tanto para decidir pelo VAR cada lance? Era o Geraldo tentando convencer o árbitro.
Não deu desta vez. Mas sempre vai dar mais certo se você continuar indo ao Allianz com o amor da Isabela e com o seu, o meu, os nossos heróis que vestem verde.

  • Mauro Beting

    Mauro Beting

    Mauro Beting é comentarista do Esporte Interativo e da rádio Jovem Pan, blogueiro do UOL, comentarista do videogame PES desde 2010. Escreveu 16 livros, e dirigiu três documentários para cinema e TV.