Palmeiras comunica apoio à negociação conjunta por direitos de transmissão e considera nova MP 'positiva'

Palmeiras comunica apoio à negociação conjunta por direitos de transmissão e considera nova MP 'positiva'

(Foto: Marcos Corrêa / PR)

O Palmeiras emitiu um comunicado oficial na manhã desta sexta-feira em apoio à Medida Provisória 984/2020, que garante os direitos de transmissão de uma partida ao mandante da mesma. O clube também se manifestou favorável a uma negociação conjunta dos clubes pelos direitos de transmissão dos campeonatos que disputam.

No mesmo comunicado foi mencionada a disputa conjunta dos clubes contra a Turner, que tem contrato de transmissão do Brasileirão para a TV fechada com Palmeiras, Santos, Bahia, Internacional, Athlético Paranense, Coritiba, Ceará e Fortaleza. O Verdão afirmou que "o grupo dos clubes que possuem contrato com a Turner referente aos direitos de transmissão para a TV fechada, do qual o Palmeiras faz parte, está atuando no sentido de defender seus interesses perante a referida empresa de comunicação."

Recentemente, estes clubes se encontraram com Jair Bolsonaro para demonstrarem apoio à MP 984 e discutirem o futuro dos direitos de transmissão do futebol no Brasil, na esperança de terem alternativas para negociarem seus jogos com outras empresas, caso rescindam com a programadora estadounidense. Sobre isso, o Palmeiras complementa no comunicado que "tivemos a oportunidade de expor nosso posicionamento e preocupação com o atual cenário do futebol brasileiro e estamos convencidos de que encontramos ressonância para os nossos pleitos."

Confira o comunicado oficial palmeirense na íntegra:

Em face das inúmeras notícias veiculadas na mídia a respeito dos direitos de transmissão de partidas de futebol, achamos por bem ratificar o entendimento e posicionamento da Sociedade Esportiva Palmeiras sobre o assunto:

1. Consideramos positiva a proposição da MP 984/2020 que determina que os direitos de imagem pertençam exclusivamente ao clube mandante.

2. Entendemos que é o momento para uma discussão ampla sobre a legislação que rege o mercado de direitos de transmissão no país, visando proporcionar a abertura de mercado, maior atratividade para potenciais investidores e consequente valorização do produto, com ganhos para o futebol brasileiro.

3. Apoiamos ainda a ideia de negociação conjunta pelos clubes de direitos individuais de transmissão e que tal iniciativa parta dos clubes e não de uma imposição legal.

4. Nessa mesma linha, o grupo dos clubes que possuem contrato com a Turner referente aos direitos de transmissão para a TV fechada, do qual o Palmeiras faz parte, está atuando no sentido de defender seus interesses perante a referida empresa de comunicação, os quais estão diretamente relacionados com os pontos elencados acima (investimentos e múltiplos competidores).

5. Na reunião com o Presidente da República e demais autoridades do Executivo e do Legislativo federais, tivemos a oportunidade de expor nosso posicionamento e preocupação com o atual cenário do futebol brasileiro e estamos convencidos de que encontramos ressonância para os nossos pleitos.

Maurício Galiotte
Presidente da Sociedade Esportiva Palmeiras

  • Guilherme Paladino

    Guilherme Paladino

    Palmeirense, estudante de jornalismo na UNESP, com passagem pelo Torcedores e atualmente setorista no Nosso Palestra. Apaixonado por jornalismo e por esportes. "A bola não entra por acaso."