Palmeiras estreia na Copinha buscando título inédito e vê pressão como oportunidade

Palmeiras estreia na Copinha buscando título inédito e vê pressão como oportunidade

Foto: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

O calendário palmeirense para 2020 começa nesta quinta-feira, 2, em Araraquara. O Verdão estreia na Copinha diante do União Rondonópolis buscando um título que ainda falta na sala de troféus de um dos maiores clubes do Brasil.

Com um trabalho de base consolidado, o profissional deve ter mais de sete crias da Academia nesta temporada que se inicia no dia 6 de janeiro.

Gabriel Veron, uma das maiores promessas da base do clube, será um dos desfalques do Verdão na Copinha, uma vez que o garoto já vai para a Florida Cup com o time de Luxemburgo.

Sobrará para Gabriel Silva, Garcia, Henri, Fabrício e cia tentar levar o Palmeiras ao inedito título da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Em entrevista ao Globo Esporte, o técnico Wesley Carvalho admite a força do clube na categoria de base, mas quer que a pressão se torne motivação em mais uma Copinha.

49282443233_b6a4ef46ff_c

"É a oportunidade de eles entrarem para a história do clube. Nós trabalhamos sempre utilizando essa falta da Copinha como um fator motivacional o tempo inteiro no nosso dia a dia. Sempre digo: "Imagina chegar até a final e ser campeão. Daqui a 100 anos vão falar de vocês", afirmou o comandante do Sub-20.

Palmeiras e União Rondonópolis se enfrentam nesta quinta-feira, 2, às 21h30 na Fonte Luminosa. A partida terá transmissão do Sportv.

As outras duas partidas do Verdão na primeira fase acontecem no dia 5 e no dia 8, diante de Petrolina e Ferroviária, respectivamente.

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 28 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!