Palmeiras encara jejum de 11 anos sem vencer o Atético-MG em Belo Horizonte

Palmeiras encara jejum de 11 anos sem vencer o Atético-MG em Belo Horizonte

(Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação)

O Palmeiras encara o Atlético-MG neste domingo (11) no Independência em mais uma final rumo ao título brasileiro. O Verdão encerra uma sequência duríssima e terá somente times da parte debaixo da tabela após encarar o time de Levir Culpi em Belo Horizonte.

Porém para sair com os três pontos da capital mineira, o Verdão terá que quebrar mais um longo tabu. O alviverde não vence o Galo em Belo Horizonte desde 2007. O Verdão chegou a vencer o Atlético-MG pelo Brasileirão de 2010 fora de casa, porém o jogo foi realizado em Ipatinga. Vitória por 2 a 1 da equipe que também era comandada por Felipão.

Apesar do longo tabu, o Verdão também conquistou bons resultados frente ao Galo nos últimos dois campeonatos brasileiros. Em 2016, Gabriel Jesus garantiu um importantíssimo ponto para o Palmeiras líder de Cuca.

Já no ano passado, mais um empate em 1 a 1, dessa vez com um gostinho de derrota, uma vez que Deyverson perdeu um pênalti na segunda etapa e desperdiçou a chance da quebra do tabu. Fernando Prass pegou penalidade de Fred.

Após a chegada de Scolari, além de não ter perdido na competição nacional, o Palmeiras quebrou dois importantes tabus ao vencer a Chapecoense na Arena Condá pela primeira vez, e também ao bater o São Paulo no Morumbi após jejum de 16 anos.

CONFIRA OS JOGOS ENTRE ATLÉTICO E PALMEIRAS EM BELO HORIZONTE DESDE A ÚLTIMA VITÓRIA PALMEIRENSE EM 2007

2008 – Atlético 1 x 1 Palmeiras
2009 – Atlético 1 x 1 Palmeiras
2012 – Atlético 3 x 0 Palmeiras
2014 – Atlético 2 x 0 Palmeiras
2014 – Atlético 2 x 1 Palmeiras
2015 – Atlético 2 x 1 Palmeiras
2016 – Atlético 1 x 1 Palmeiras
2017 – Atlético 1 x 1 Palmeiras

Relembre a última vitória do Palmeiras frente ao Atlético em BH. Foi no ano de 2007, com Edmundo e Valdívia em campo:

  • Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim

    Gabriel Amorim, 27 anos, detesta quem assiste ao jogo sentado e tem como grande ídolo Armando Nogueira. Formado em Jornalismo pela UMESP em 2012, cobriu a Copa do Mundo da Rússia pelo jornal Lance!